Conteúdo

Compositor de carnaval bate-papo com idosos em Santos

19 de fevereiro de 2020
21h 07
O compositor e comentarista está ao fundo, sentado, e conversa com grupo de idosos em uma grande sala. #paratodosverem

Aquecendo os foliões da terceira idade para a maior festa popular do Brasil, a Vila Criativa Sênior 50+ recebeu nesta quarta-feira (19) o compositor e comentarista de carnaval Ricardo Peres para um bate-papo na Rádio 60.0 Blue Med, com apresentação do radialista Altair Di Marco, comentários do jornalista Renato Nascimento e de Ana Bianca Flores Ciarlini, coordenadora de Políticas para Idosos de Santos. Na sequência, ele conversou pessoalmente com os frequentadores do local e contou passagens de sua carreira que se confundem com a do carnaval santista.
Único integrante da escola de samba União Imperial a desfilar em todos os carnavais que a verde e rosa participou (desde 1977), já foi o puxador de samba por 23 vezes, ostentando também o recorde como cantor da agremiação.
Fora isso, teve a “sorte de principiante”, como costuma dizer, ao ter a sua primeira composição de samba-enredo escolhida para embalar o carnaval da União Imperial de 1986. A música “Assim Diz o Poeta” (dos versos ‘O amanhã tem que ser hoje/Parece que agora vai/Gira meu Brasil gigante, balança.../Balança, mas não cai’) fez tanto sucesso que é lembrada até os dias atuais. No carnaval deste ano, inclusive, a canção marcou o aquecimento da escola antes de adentrar a passarela Dráuzio da Cruz, na madrugada do último domingo (16).
“O nível do carnaval santista aumentou muito e quando o desfile acaba a gente não consegue saber quem vai ganhar devido à qualidade das escolas. As diferenças aparecem nos detalhes”, disse Ricardo, que parabenizou a concorrente Unidos dos Morros pelo título deste ano.
O artista também elogiou a antecipação do Carnaval santista em uma semana, o que vem ocorrendo desde 2016, pois aumentou o interesse do público na festa local. “No dia 15 de janeiro, a União Imperial já não tinha mais fantasia disponível e havia gente interessada”.
O músico integra ainda o Grupo Tempero, que nasceu na agremiação após o primeiro título no carnaval, em 1985, e cujo sucesso atingiu todo o território nacional no início da década de 1990, com músicas como Vida de Amante, Sexo Falado e Mina Moleque.
Ele também é o compositor de ‘Santos, obra-prima da natureza’, feita por encomenda em 2011 e que se tornou um grande sucesso na cidade e fora dela. “Recebo mensagens de pessoas do mundo inteiro, em especial santistas, por causa dessa música. O santista é muito bairrista, cultua a sua terra”.

VIBRA VIDA

Nesta quinta-feira, a partir das 14h, os idosos da Vila Criativa Sênior 50+ têm um encontro marcado no Bloco Vibra Vida, dentro do 21º Baile da Mais Bela Idade, organizado pelo Fundo Social de Solidariedade. Para chegar com tudo, prepararam acessórios de cabeça e leque alusivo ao bloco em uma oficina realizada nesta quarta (19), na Vila Criativa Sênior.
“Todos se empenharam muito, estão animados e o bloco fortalece os vínculos de amizade. Temos até casos de pessoas que curaram depressão”, afirma Ana Bianca.

 

Fotos: Marcelo Martins

Galeria de Imagens

Quatro pessoas sentadas em torno de uma mesa retangular. De um lado estão dois locutores e do outro o convidado e mais uma pessoa. Há vários microfones para os participantes. #Paratodosverem
Ricardo Peres, à direita da foto

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.