Conteúdo

Cineasta santista lança documentário sobre liberdade afetiva

19 de novembro de 2019
17h 21

Dirigido por Fabian Conway, o documentário ‘Como Amar’, que fala sobre o cerceamento da liberdade afetiva na sociedade, estreia nesta quinta-feira (21), às 19h30, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Praça dos Andradas, 25-34, Centro Histórico). Após a exibição, está marcada uma roda de conversa sobre a produção e assuntos que envolvem sua trama. A entrada é gratuita.

Contemplado pelo 7º Concurso do Fundo de Assistência à Cultura de Santos (Facult), ‘Como Amar’ será apresentado também para educadores, a fim de promover a discussão sobre os novos modelos relacionais apresentados nas escolas para os jovens. Na sexta dia (22), às 19h30, o filme ganha projeção no Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss) e, no sábado (23), às 17h, será exibido no Cine ZN.

 

COMO AMAR

‘Como Amar’ levanta questões como: se existe alguém que possa nos ensinar a amar, o que te disseram sobre o amor e o que nos leva a ter medo de amar e a permitir ou não que o outro ame livremente.

O documentário também aborda as consequências do cerceamento da liberdade afetiva, busca facilitar o exercício da empatia, para que as ações de intolerância afetiva sejam cada vez mais repensadas.

O filme apresenta três pessoas de perfis bem diferentes, mas que, segundo a produção, compartilham a experiência de terem suas liberdades afetivas cerceadas pela religião, pela conduta homofóbica e pelo machismo.

Ao longo da trama, o espectador é convidado a conhecer o enfrentamento desses três personagens diante das realidades opressoras que tentaram (e que, em alguns casos, conseguiram), alterar suas decisões e suas vidas.