Conteúdo

Cidadania em Ação promove lazer e bate papo sobre abuso sexual

12 de maio de 2018
15h 26

Aproximadamente 200 pessoas participaram de um dia de brincadeiras e muita diversão nas atividades esportivas, culturais, artísticas, de estética, saúde e bem-estar promovidas pelo Programa Cidadania em Ação, nas imediações do Mercado Municipal, neste sábado (12).

Houve também uma conversa sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, conduzida pela orientadora educacional e educadora sexual Christiane Andrea, com mais de 60 participantes entre crianças e seus responsáveis. “É muito importante conversar sobre abuso sexual, pois os casos podem ocorrer em qualquer lugar: clubes, ruas, igrejas, em ambientes familiares, inclusive, a maioria acontece dentro da própria casa. É importante que os familiares estejam atentos aos sinais de abuso e denunciem”, afirmou Christiane.

Simone Regina Alves Menezes, de 29 anos, não tem filhos, mas cuida de vários sobrinhos. “Precisamos ficar espertos e nos atentarmos aos sinais que as crianças dão. Foi ótimo participar desta conversa, pois muitas informações que foram passadas aqui eu não sabia. Foi esclarecedor”, disse Simone. O telefone para denunciar possíveis casos de abuso sexual ou qualquer tipo de violência infanto-juvenil é o Disque 100. A ligação é gratuita e pode ser anônima. A palestra foi uma das ações da Prefeitura alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio) - iniciativa que integra a adesão do Município à campanha Pode ser abuso, da Fundação Abrinq.

Atividades

Dentre as atividades do Cidadania em Ação, destaque para as oficinas de pintura, de mangá, de pirogravura, de pipas e de beleza (corte de cabelo, design de sobrancelhas e pintura de unhas infantis), van odontológica, brinquedos infláveis e circuito esportivo. Houve também palestras sobre prevenção contra doenças, estande do projeto Leia Santos, apresentação do Canil da Guarda Civil Metropolitana e orientações jurídicas para a mulher, para os jovens e de políticas públicas étnico-raciais.

“Foi um grande sucesso novamente. Estamos cada vez mais comprometidos em envolver no programa outras comunidades de diferentes regiões da Cidade”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Flávio Ramirez Jordão.

Para a organizadora do programa, Suzete Faustina dos Santos, é gratificante ver o envolvimento da comunidade em todas as ações do programa, em especial nesta em que houve a conversa sobre um assunto tão importante como abuso sexual. “Acredito que mais uma vez alcançamos o nosso objetivo de informar e de apresentar a comunidade os serviços que a municipalidade tem a oferecer, que vão além do lazer”, afirmou Suzete.

Fotos: Isabela Carrari

Galeria de Imagens

Mulheres e homens estão sentados em círculo em bate papo sobre abuso sexual #pracegover
mulher pinta as mãos de outra #pracegover
crianças brincam em brinquedo inflável #pracegover
Crianças correm do lado de fora do mercado #pracegover
mulher faz pintura em criança #pracegover