Conteúdo

Camelódromo da Zona Noroeste de Santos fica pronto em maio 

5 de abril de 2019
15h 45

Espaço amplo, arejado e moderno para a população fazer compras e os comerciantes trabalharem com dignidade, na Zona Noroeste. Assim será o Centro de Atendimento ao Turista e de Comércio de Artesanato da Zona Noroeste, em construção na Praça Bruno Barbosa s/nº, no Castelo. A obra civil do edifício, popularmente chamado de camelódromo, tem previsão de término em maio.

“O cronograma da obra atingiu 75% dos serviços executados”, diz o arquiteto Roger Guerra. “A fachada está com revestimento colocado, faltando arremates e rejunte. Na área externa é feito serviço de terraplanagem para execução do paisagismo e passeios no padrão Calçada para Todos”. 

A Praça Bruno Barbosa recebeu a infraestrutura para iluminação e o espaço ganhará ainda quatro mesas para jogos de dama e dominó. Internamente as portas dos boxes já foram instaladas e o piso assentado. Uma equipe composta por dez operários finaliza a colocação dos azulejos dos banheiros e faz serviços de serralheria e pintura.  

 

38 BOXES

 

O edifício térreo tem 526m² de área construída, 38 boxes e mais duas lanchonetes. Conta com três sanitários, sendo um para pessoas com deficiência, mais administração, depósito e sala para o Posto de Informação Turística. O projeto prevê a construção de sistema de aproveitamento de águas pluviais. 

A obra é concluída pela Ecovias, com investimentos de R$ 1,4 milhão como parte do Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e Compensatórias das obras da entrada da Cidade. Os serviços são executados pela Spalla Engenharia, com a supervisão da pasta de Infraestrutura e Edificações.

 

EMPREGO E RENDA

 

A construção atende a reivindicação dos 38 comerciantes da Associação do Comércio Popular da Zona Noroeste. Trabalham com barracas, sob sol e chuva das 7h às 19h. Segundo Alexandre Carmo, que atua no local há 15 anos, tem associado que atua há mais de 25 anos na rua, como o Expedito Ferreira. 

Outros chegam perto desse tempo. José Cláudio de Jesus vende roupas há 18 anos em sua barraca para sustentar toda a família. “O novo camelódromo vai ser muito importante para todos nós. Vai dar mais segurança e dignidade”. Joseildo dos Santos, há 11 anos no ponto, considera a obra muito importante “A mudança será um marco na vida de todos nós”.

 

Fotos: Marcelo Martins

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.