Conteúdo
Notícias

'Bonde da dengue' alerta idosos para a doença

Publicado: 27 de novembro de 2015
15h 44

Dezenas de idosos participantes do Movimente-se com a Música e a Dança, da Secretaria de Saúde, participaram de um passeio de bonde diferente nesta sexta-feira (27). Junto aos Doutores de Controle do Aedes Aegypti, personagens especialmente criados por funcionários da Seção de Controle de Vetores, foram orientados com relação ao combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e da zika. E também conheceram melhor a história da Cidade.

Dentro do bonde escocês Camarão, do início do século 20, os idosos cantaram músicas e paródias criadas para alertar a população sobre os perigos da doença. Dessa forma, quem passava pelas ruas era informado e contagiado com a alegria.

Uma das participantes, Roseli Aparecida Alves, inventou uma paródia para a marchinha de Carnaval “Cachaça”, que prontamente foi aceita de forma bem humorada e repetida pelos demais: “Se você pensa que a dengue é boa, a dengue não é boa não. A dengue mata e manda a gente pro caixão”.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras, destaca a importância de a Prefeitura investir na prevenção junto aos idosos. “Além de serem bastante fiscalizadores e denunciar situações importantes, trata-se de um público muito vulnerável. Os idosos bebem menos água e são considerados parte de um grupo de risco maior quando acometidos pela dengue, pois muitos têm outras doenças associadas (diabetes e hipertensão, por exemplo) e às vezes moram sozinhos, sem cuidadores”.

Foto Carol Fariah