Conteúdo

Bebê que nasceu com meio quilo tem alta do Estivadores após seis meses na UTI

11 de junho de 2018
15h 46

Uma história que começou como um drama para uma família de Cubatão teve desfecho feliz nesta semana. O bebê Felipe Augusto, que nasceu no Complexo Hospitalar dos Estivadores prematuro extremo, com apenas 510 gramas, foi liberado na tarde desta segunda (11) a ir para casa com seus pais após seis meses de internação. Hoje, com 2,078 kg, é o menor bebê nascido no equipamento a ter alta hospitalar.

Felipe nasceu de parto cesárea no dia 8 de dezembro, após 24 semanas de gestação. “Tive muitas emoções, de tristeza e angústia pela situação dele, de expectativa do que ia acontecer, e momentos de esperança, fé e alegria. Hoje é um momento muito sonhado”, contou a mãe Cristiane Ferreira da Silva, 40 anos. A dona de casa também ressaltou o apoio de toda a equipe multiprofissional para a assistência ao seu filho, a qual considera “uma nova família”.

Já o pai Vagner Ferreira, 44, tem uma relação mais antiga com o Estivadores, pois trabalhou como motorista de caminhão da empresa que reformou, fez a adequação e ampliação do prédio do complexo. “É uma emoção dobrada trabalhar num lugar e ver que vai ser uma benfeitoria para muitos e, depois, você mesmo ter um retorno desta benfeitoria”.

De acordo com a médica Teresa Uras Belém, coordenadora da UTI Neonatal e da Neonatologia do Estivadores, bebês prematuros extremos como o Felipe, que nascem entre 24 e 26 semanas, têm alto risco de complicações relacionadas principalmente à respiração, visão e desenvolvimento neurológico.

“Então ele teve cuidados desde a temperatura da incubadora até alimentação especial que, além do leite materno, exige fórmulas específicas para prematuros e cuidados dia e noite pela equipe multiprofissional”, destaca a especialista, citando a integração dos profissionais de medicina, enfermagem, fisioterapia e nutrição, além do suporte de áreas como psicologia e assistência social. O bebê também contou com recursos de ponta e teve a sua atividade cerebral monitorada a distância por meio do serviço de telemedicina.

Estrutura

O Complexo Hospitalar dos Estivadores é um equipamento da Prefeitura sob gestão compartilhada entre a Secretaria de Saúde e o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Conta atualmente com 81 leitos, sendo 17 de clínica médica, 10 de UTI adulto, 8 leitos cirúrgicos, 36 leitos de maternidade e 10 de UTI neonatal, além de cinco salas de parto, pré-parto e pós-parto (PPP) e duas salas de cirurgia obstétrica. Em operação desde fevereiro de 2017, já realizou mais de 3 mil partos e 15 mil atendimentos obstétricos.

Sobre o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz

O Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz foi criado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz para concentrar as atividades da instituição no campo da responsabilidade social na área pública. A criação do instituto, que tem status de Organização Social (OS), permitiu à instituição intensificar suas atividades na área pública, fortalecendo a transparência na gestão dos recursos sob sua responsabilidade.

 

Fotos: Susan Hortas

Galeria de Imagens

Mãe segura o bebê #pracegover
Bebê com os olhos abertos #pracegover
Mãe segura o bebê enquanto pai o acaricia #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.