Conteúdo

Baixada Santista terá estudo para avaliar circulação do coronavírus

18 de abril de 2020
13h 43

Um estudo epidemiológico imediato, com testagem de 10 mil pessoas, para identificar qual o nível de circulação na região do novo coronavírus, causador da covid-19, será desenvolvido em conjunto pelos nove municípios da Baixada Santista, no intuito de balizar as decisões e contribuir nas definições metropolitanas.

A medida, que segue exemplo de pesquisa realizada pela Universidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, foi definida neste sábado (18) em reunião do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), realizada por videoconferência. A pesquisa será feita em parceria com universidades locais, com previsão de ser concluída até 10 de maio. “Vamos buscar as respostas que precisamos na ciência, que é quem pode nos oferecer as melhores respostas. O objetivo é rastrear o vírus e avaliar a circulação dele na Baixada Santista para saber o nível de contaminação, pessoas que foram impactadas e as que já tiveram e estão imunes. Isso será importante para nortear e direcionar as próximas decisões de enfrentamento da doença”, afirmou o presidente do Condesb, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Outra decisão foi a manutenção da quarentena até 10 de maio, com restrições a serviços públicos e privados, além do acesso de pessoas a áreas de turismo e lazer da Cidade. A medida segue o estabelecido pelo Governo do Estado, conforme determinações técnicas e científicas. Neste período, serão estudadas medidas para o retorno das atividades comerciais, com restrições e cuidados.

Também será solicitado ao Estado a distribuição dos recursos do fundo metropolitano de forma proporcional aos municípios. Com esta medida, seriam distribuídos R$ 9 milhões conforme a cota do Município, a serem empregados nas ações da covid-19 nas nove cidades.

Confira as resoluções do Condesb deste sábado (18)

  1. Estudo epidemiológico - para balizar as decisões e contribuir nas definições metropolitanas, será desenvolvido estudo epidemiológico imediato, com testagem de 10 mil pessoas, para identificar qual o nível de circulação do vírus na região, a exemplo da pesquisa realizada pela Universidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul. A Pesquisa terá a parceria com as universidades locais, com previsão de ser concluída até 10 de maio.
  2. Manutenção da Quarentena - O Condesb manteve o respeito ao cumprimento da quarentena estabelecida pelo Governo do Estado, seguindo as determinações técnicas e científicas até 10 de maio, obedecendo as restrições de isolamento e de cuidados. Neste período, serão estudadas medidas para o retorno das atividades comerciais, com restrições e cuidados.
  3. Recursos do Fundo - Será apresentada solicitação ao Estado da distribuição dos recursos do fundo metropolitano de forma proporcional aos municípios. Com esta medida, seriam distribuídos R$ 9 milhões conforme a quota-parte do município. Esses recursos seriam empregados nas ações do Covid nos Municípios.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.