Conteúdo

Bairro de Santos recebe mutirão contra o Aedes aegypti

26 de agosto de 2019
16h 13

O trabalho de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana não para em Santos. Nesta quarta-feira (28), das 8h às 17h, 79 agentes de controle de endemias e 6 agentes comunitários de saúde formam o batalhão que vai vistoriar os imóveis do bairro, com o objetivo de eliminar situações de risco para a proliferação do Aedes aegypti.

Este será o 18º mutirão do ano. Desde fevereiro, 1.130 focos com larvas de mosquito foram eliminados apenas em mutirões, ações intensificadas em um bairro específico e que ocorrem a cada quinzena. Vale lembrar que o programa casa a casa, que é a vistoria de rotina nas residências, tem calendário próprio e acontece ao longo de todo o ano – cada localidade possui a sua equipe de referência.

Paralelamente ao mutirão, a equipe de Informação, Educação e Comunicação (IEC), da Secretaria de Saúde, fará pedágio educativo, das 9h às 12h, na esquina das avenidas Carvalho de Mendonça e Bernardino de Campos. Serão distribuídos sal grosso para a utilização em locais que possam servir como criadouros como os ralos, e material informativo.

Em 2019, foram confirmados 125 casos de dengue, três de chikungunya e um de zika entre residentes de Santos. A febre amarela urbana não é registrada no Brasil desde a década de 1940.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.