Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Conteúdo
Notícias

Atividades em Santos celebram o centenário do gênio Gilberto Mendes

Publicado: 27 de setembro de 2022 - 16h22

Neste ano marcado por emblemáticas datas da história do Brasil, como os 200 anos da Independência e 100 anos da Semana de Arte Moderna, a vida e a obra do maestro santista Gilberto Mendes serão tema de programação especial e gratuita em vários palcos da Cidade.

A partir do dia 7 de outubro, uma série de atrações musicais, cinematográficas e literárias vai celebrar o centenário de nascimento deste gênio da música nacional e internacional. A programação será marcada pelo ecletismo e reunirá grandes nomes do cenário musical, sendo que diversos deles tiveram suas carreiras inspiradas nas obras do maestro.

A iniciativa partiu de reunião entre o prefeito Rogério Santos, o secretário de Cultura de Santos, Rafael Leal, e o maestro da Orquestra Sinfônica Municipal, Luís Gustavo Petri com a viúva de Mendes, Eliane Ghigonetto. A partir daí, foi criada uma comissão de artistas e amigos do maestro para dar forma às comemorações.

PROGRAMAÇÃO

O evento contará com apresentações dos pianistas José Eduardo Martins (na foto com Mendes), André Mehmari, Antônio Eduardo e Rubens Ricciardi, além da participação de outros grandes nomes da música como Arrigo Barnabé, Livio Tragtenberg, Júlio Medaglia, Luís Gustavo Petri e Márcio Barreto.

A literatura e o cinema, outras duas paixões do maestro Gilberto Mendes, também terão destaque na programação. O lado da ‘sétima arte’ trará as exibições de filmes que narram a trajetória de Mendes e de obras que ele apreciava.

Nas atrações da semana ligadas à literatura, um dos destaques será o lançamento do livro ‘Gilberto Mendes, notas bibliográficas’, do poeta Flávio Viegas Amoreira. Na ocasião, será promovido um bate-papo com a participação de Manuel da Costa Pinto, José Eduardo Marins e José Tahan.

Outro lançamento do evento será o livro ‘Poéticas do Agora’, com organização de Márcio Barreto, reunindo artigos sobre Gilberto Mendes e o Festival Música Nova.

Também farão parte das celebrações um workshop comandado pela professora Heloísa Valente e o lançamento de um CD com a remasterização do LP de 1971 do Madrigal Ars Viva, produzido por Luiz Celso Rizzo e pelo maestro Roberto Martins.

No dia 13 de outubro, data em que se comemoram os 100 anos de nascimento de Gilberto Mendes, a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, sob regência de Luís Gustavo Petri, fará um concerto especial, que contará com a participação do Coral Municipal, regido por Nailse Machado.

As atividades são realizadas pela Secretaria de Cultura (Secult) de Santos e fazem parte do Calendário Oficial do Município.

O MAESTRO

Gilberto Ambrósio Garcia Mendes nasceu em Santos no dia 13 de outubro de 1922, falecendo também na Cidade em 1º de janeiro de 2016. Foi compositor, professor universitário e autor de livros e artigos sobre música, um dos principais nomes da música contemporânea brasileira de vanguarda, além de pioneiro em música aleatória e música concreta no Brasil e signatário do Manifesto Música Nova de 1963.

Sua obra mais famosa é certamente o Moteto em Ré Menor (1967), mais conhecido como Beba Coca-Cola, para vozes corais e poema de Décio Pignatari. Nela, explicita a sua diversidade do material sonoro e pelo emprego do humor e da crítica social, mantendo e ampliando as características inovadoras e de ruptura que também marcaram os modernistas da Semana de Arte de 22.

 

Confira a programação

 

07/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro)

 

14h – ‘Viver sua música: dos Mares do Sul à praia do Boqueirão’

Workshop ministrado pela Prof.ª Dra. Heloísa de A. Duarte Valente

 

20h – Concerto pianista José Eduardo Martins

‘A música para piano de Gilberto Mendes’

 

08/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro)

 

20h – Núcleo Hespérides – Música das Américas

 

08/10 | Concha Acústica (orla da Praia do Gonzaga)

 

18h – ‘A bossa de Gilberto Mendes’ (música)

Com Theo Cancello

 

19h – ‘Água e Sal’(dança)

Com a Cia Aplauso de Dança Contemporânea

 

19h30 – ‘Sarau Caiçara’

Com escritores da região. Homenagem a Gilberto Mendes

 

08/10| Museu da Imagem e do Som de Santos (Avenida Pinheiro, 48, Vila Mathias)

 

Sessão ‘Amores de Gilberto’ filmes que Gilberto Mendes adorava

 

16h – ‘O Gabinete do Dr. Galegari’ - Alemanha - ano 1920 - dir. Robert Wiene

 

17h30 – ‘Sabrina’ - Estados Unidos - ano 1954 - dir. Billy Wilder

 

19h30 – ‘Asas do Desejo’ - Alemanha - 1987 - dir. Win Wenders

 

09/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro)

 

19h – ‘LP do Madrigal Ars Viva’ (1971)

Bate-papo: Luiz Celso Rizzo e maestros Luís Gustavo Petri e Roberto Martins

 

20h – Núcleo Hespérides – Música das Américas

 

10/10 | Concha Acústica (orla da Praia do Gonzaga)

 

18h – ‘Desconstruindo Mendes’ (música)

Performance com artistas do coletivo Nomadelabel

 

18h30 – ‘Mobi Dance 5’ (dança)

Intervenção de dança

 

19h – ‘Errática’ (música eletroacústica)

Com Renata Roman

 

19h30 – ‘Morrer na Praia’ (dança)

Com Núcleo de Pesquisa do Movimento

 

11/10 | Cecon Alemoa (Marginal Anchieta, 218 – Alemoa)

 

14h – ‘A vida e a obra de Gilberto Mendes’ (contação de histórias)

Contação de histórias com Camila Genaro

 

15h – ‘A música de Mendes’ (música)

Com o Antonio Eduardo e Lidiane

 

12/10| Cine Arte Posto 4 (Orla da Praia do Gonzaga)

Sessão ‘Giberto Mendes em Cena’

 

16h – ‘A Odisséia Musical de Giberto Mendes’ - dir. Carlos de Moura Ribeiro Mendes - 116min

 

18h30 – ‘Olho - Urubu: Gilberto Mendes’ - dir. André Guerreiro Lopes - 5min.

- ‘gm - 8 cantos’ - dir. Gregório Gananian - 16min

- ‘Com Meus Olhos de Cão’. Dir. Thais de Almeida Prado - 45min

Após a sessão bate-papo com os diretores

 

21h –‘Rosa dos Ventos’ - dir. Carlos Oliveira - 16min

- ‘O Anjo Esquerdo da História’ - dir. Carlos Oliveira - 21min

- ‘Duo para Gilberto’ - dir. Eduardo Ferreira - 3 min

Após a sessão, bate-papo com os diretores

 

13/10 | Teatro Municipal Braz Cubas (Avenida Pinheiro Machado, 48 - Vila Mathias)

 

20h – ‘Concerto em Homenagem ao Centenário de Gilberto Mendes’

Orquestra Sinfônica Municipal de Santos.

Regência: Luís Gustavo Petri Coral Municipal de Santos.

Regência: Nailse Machado

 

14/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro)

 

18h30 – Lançamento do livro ‘Gilberto Mendes, notas bibliográficas’ (Editora Imaginário Coletivo) de Flávio Viegas Amoreira e comentários sobre as obras literárias de Gilberto Mendes:

‘Uma Odisséia Musical - Dos Mares do Sul à Elegância Pop/Art Déco’ (1994);

‘Viver sua Música - Com Stravinsky em Meus Ouvidos, Rumo à Avenida Nevskiy’ (2009);

‘Os Dois amigos entraram finalmente na Rua Borges’ (2019)

Bate-papo: Flávio Viegas Amoreira, Manuel da Costa Pinto, José Eduardo Martins, Márcio Barreto e José Tahan

 

20h30 – ‘Passeando com Mendes’ (música)

Concerto com o pianista André Mehmari

 

15/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro Histórico)

 

18h – Poéticas do Agora (literatura)

Lançamento do livro ‘Poéticas do Agora’ (Editora Imaginário Coletivo), organização de Márcio Barreto, com artigos sobre Gilberto Mendes e o Festival Música Nova

 

18h30 – A música dos séculos (palestra)

Palestra: Júlio Medaglia Participação de Arrigo Barnabé, Luís Gustavo Petri, Livio Tragtenberg e Márcio Barreto

 

20h30 – Percutindo Mundos: ‘O imponderável estado do mar’ (música)

Arrigo Barnabé/Júlio Medaglia/Livio Tragtenberg/Márcio Barreto/Percutindo Mundos

 

16/10 | Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 - Centro)

 

18h – Livro: ‘É SAL É SOL É SUL DE NOUVEAU… POIS – Gilberto Mendes: Modernidade, pós-modernidade, transmodernidade na música contemporânea brasileira’ (Editora Universitária Leopoldianum).

 

19h – ‘As canções de Gilberto Mendes’ (concerto) Rubens Russomanno Ricciardi (piano e voz)

 

20h – ‘Ouvivendo Gilberto’

Com Antonio Eduardo (piano) e Ensemble Gilberto Mendes (Flauta: José Simonian; Clarinete-Clarone: Germano Blume; Oboé: Lucas Crispim; Fagote: Éder Crispim; Violino: Paula Souza Lima; Violoncelo: Murilo Cesar do Carmo Matheus

Galeria de Imagens

Capa do livro Os dois amigos entraram finalmente na Rua Borges. #paratodosverem
Maestro também foi autor de livros.