Conteúdo

Arena Santos ficará mais acessível

5 de julho de 2019
14h 16

A acessibilidade da Arena Santos, inaugurada em 2010, será aperfeiçoada com itens modernos, que permitirão livre circulação a todos. A licitação para contratar a empresa que vai adequar o espaço na Vila Mathias chegou ao final.

Em cerca de 30 dias serão tomadas as providências contratuais da vencedora do certame e para a emissão da ordem de serviço que autoriza o início da intervenção.

Os vestiários e sanitários masculinos ganharão barras de apoio, portas de correr acessíveis, lavatórios apropriados dotados de torneira volante tipo alavanca, trocadores acessíveis, alça de acionamento de válvula de descarga. Pisos cerâmicos serão substituídos por pisos antiderrapantes e instalações hidráulicas e acessórios serão modificados para proporcionar condição de alcance, percepção e entendimento para utilização.

As escadas e rampas internas terão corrimãos e faixas de policarbonato com sinalização visual que emite brilho em ambientes totalmente sem luz, permitindo a leitura de avisos e símbolos. Os pisos dos degraus das escadas serão ampliados de 20 para 30 cm de largura, para maior segurança. Haverá também alteração no sentido de abertura do portão tubular, comunicação visual por meio de pisos podotáteis direcionais e de alerta, e placas em Braille.

ACESSOS E ESTACIONAMENTO

Na área externa serão construídas rampas com inclinação máxima de 8,33% e passeios em concreto desempenado, com pintura em tinta acrílica de alta resistência a abrasão. Estão previstos reparos em piso de ladrilho hidráulico, colocação de corrimãos e gradis, além de novas guias, sarjetas e tubos para drenagem, com substituição de grelhas de concreto para boca de lobo.

o estacionamento haverá identificação das vagas para idosos, gestantes e cadeirantes, através de sinalização com os respectivos pictogramas, que são os desenhos padronizados.

A obra será executada pela Spalla Engenharia, no valor de R$ 619.687,46, cerca de 30% abaixo dos R$ 898 mil estimados. A verba é do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano da Baixada Santista e a obra terá o gerenciamento da pasta de Infraestrutura e Edificações (Siedi).

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.