Conteúdo

Apresentação de grupo de afoxé encerra Semana da Consciência Negra

30 de novembro de 2015
12h 38

A apresentação do grupo de afoxé Omin Layo – Orixás e a Relação com os Elementos da Natureza encerrou no sábado (28), na Fonte do Sapo, a programação das comemorações da Semana da Consciência Negra.

Membro da comissão organizadora da Semana, Diná Elizabeth Evangelista Santos, disse que o objetivo da apresentação foi divulgar a cultura afro, desmistificando preconceitos contra as religiões de matriz africana. “Chamamos de kizomba cultural, isto é, uma festa em que se juntam todos. Escolhemos este local por ser de fácil acesso e passagem de grande número de pessoas”.

O Omin Layo veio de Mongaguá especialmente para a apresentação. O líder, Pai Sérgio de Odé, contou que o grupo existe há dois anos e já se apresentou no carnaval com 200 pessoas. “Hoje viemos com 30 componentes, depende do evento”.

Bruno de Abreu, de 19 anos, passou de bicicleta e resolveu apreciar a dança. “Os trajes me chamaram a atenção. Acho bonito. Tenho algumas pessoas na família que são do candomblé”. Também resolveram assistir ao afoxé Patrícia Paula Nogueira, 35, e Cammille Victória Saraiva Santos, 12. Patrícia viu a movimentação, informou-se, recebeu um panfleto e ficou. “Bem interessante”.

Prestigiaram a iniciativa Jorge Fernandes, à frente da Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial e Étnica, da Secretaria de Defesa Social; o membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santos e de São Vicente, Edson Santana do Carmo, e o titular da cadeira de Religiosidade da Matriz Africana do Conselho, Pai Badeladey.

Foto: Rogério Bomfim

 

Conteudo do Portal de Cultura

Para ver todas as novidades sobre "Consciência Negra" visite o Portal Cultura

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.