Conteúdo

Alunos de escola municipal de Santos promovem caminhada pela paz

20 de setembro de 2019
17h 15

Os alunos da escola municipal Avelino da Paz Vieira (Vila Nova) realizaram, na manhã desta sexta-feira (20), uma caminhada pela paz no entorno da unidade. A ação é alusiva ao Dia Internacional da Paz (21 de setembro).

Segurando cartazes e bolas brancas, os estudantes foram acompanhados por professores, funcionários, equipe gestora e representantes do Programa Municipal de Justiça Restaurativa e Secretaria de Educação (Seduc).

O grupo fez duas paradas, a primeira no Palácio da Justiça e a segunda, na Câmara Municipal. Regida pelo monitor, Wellington Oliveira Santos, a Banda Marcial da escola deu ritmo aos passos dos demais estudantes, chamando a atenção das pessoas que passavam pela rua.

“Queremos mostrar aos outros que o mundo precisa de paz”, disse a aluna Júlia Ribeiro, 14. Cláudio Rocha, 13, concordou com a colega e destacou que é importante falar sobre o assunto. Ambos fazem parte da banda. Para a estudante Laura Isabela de Jesus Cirilo, 12, muitos estão sofrendo por causa da violência. “Nossa intenção é de que todos parem e pensem um pouco”.

A diretora da unidade, Márcia Miguel, ressaltou que a aula desta sexta-feira foi na rua, no diálogo com o Poder judiciário, a Câmara dos Vereadores e a OAB/SP - Subseção Santos. “A cidadania, a garantia dos direitos, a democracia e a justiça em busca da paz são conquistadas pela educação”.

A ‘Avelino’ conta com um núcleo da paz, do Programa Justiça Restaurativa, desde junho deste ano.

No Palácio da Justiça, os alunos foram recebidos pelo juiz da Vara da Infância e da Juventude de Santos, Evandro Renato Pereira. Lá, eles tiveram um bate-papo com os representantes do Judiciário e do Legislativo, tendo a possibilidade de realizar perguntas. Em seguida, o grupo seguiu para a Câmara para encontrar os vereadores e participar da 6ª sessão Extraordinária de 2019.

Ato lembra vítimas de guerras e luta das pessoas com deficiência

Um abraço simbólico pela paz no entorno da escola municipal Lourdes Ortiz (Aparecida), nesta sexta-feira (20), homenageou o Dia Internacional da Paz, relembrando vítimas de guerras, e o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, ambos comemorados em 21 de setembro.

Ygor Lima Santos, 13, estava entre os 500 alunos que participaram do ato. Para ele, mesmo que uma parcela mínima da população reflita sobre os temas já valeu a ação. “Um abraço, um sorriso pode mudar o dia das pessoas e isso vai sendo passado adiante.”

Marcela Jimenez e Graziele Cristiane, mães de Gabriel e Maria Vitória, respectivamente, ajudaram a organizar a iniciativa. “Vimos muita gente nas janelas curiosas, observando, e os que passam na rua também. Ainda falta muita conscientização.”

Fotos: Rogério Bomfim

Galeria de Imagens

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.