Conteúdo

Alunos da escola Emília Maria Reis ganham estudioteca

16 de outubro de 2020
16h 07

Os 560 alunos da escola municipal Emília Maria Reis (Vila Belmiro) ganharam um novo espaço: a estudioteca. O ambiente tecnológico e multidisciplinar foi inaugurado na tarde desta quinta-feira (15) e faz parte do projeto ‘Escolas que Inovam’.

A estudioteca conta com equipamentos como lousa digital, chromebooks, legos, entre outros. O espaço viabiliza o desenvolvimento de práticas pedagógicas mais inovadoras, ativas e participativas. 

Com estrutura especial, o projeto foi viabilizado por meio de Trimmc (Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e/ou Compensatórias) assinado entre a prefeitura e as empresas Suzano e DP World.

Esta é a 29ª escola que atende ao ensino fundamental já beneficiada nesta parceria, que contemplará ainda o novo prédio da Unidade Municipal de Educação (UME) Waldery de Almeida (Santa Maria). As duas empresas também foram responsáveis pelo espaço tecnológico da UME Terezinha Maria Calçada Bastos (Morro São Bento), inaugurada no início deste ano.


OUTRAS UNIDADES

Em 2018, nove unidades receberam as estudiotecas, por meio de parceria com a empresa VLI, envolvendo também o Programa Municipal de Justiça Restaurativa. Nestas escolas, também foram instaladas bibliotecas digitais. Já em 2019, a unidade Paulo Gomes Barbosa (Jabaquara) já foi entregue com o espaço tecnológico (Trimmc assinado com o Grupo Mendes).

Houve ampliação do projeto para outras 32 unidades que atendem à educação infantil (unidades com classes de jardim e pré). Esta nova fase está sendo realizada por meio do Trimmc com a VLI. Até o final deste ano, dez escolas serão contempladas.

Em 2021, mais 14 unidades desta modalidade ganharão o novo ambiente e oito UMEs receberão complementação de equipamentos, porque também atendem ao ensino fundamental. Com isso, 100% dos alunos da educação básica obrigatória de Santos terão acesso às estudiotecas.

 

Fotos: Isabela Carrari


 

Galeria de Imagens