Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Mensagem do Periodo Eleitoral

Atenção

Em cumprimento ao Artigo 73 da Lei Eleitoral nº 9.504/97, as redes sociais e o portal da Prefeitura, a partir de 6 de julho até o final do processo eleitoral de 2024, publicarão apenas conteúdo de utilidade pública.

Conteúdo
Notícias

Ação orienta sobre câncer de pele e identifica 39 casos suspeitos no Novo Quebra-Mar, em Santos

Publicado: 23 de junho de 2024 - 12h30

Mesmo tendo superado um câncer de pele há 4 anos, o aposentado mineiro José Donizete Ramos, 67, interrompeu sua caminhada na manhã deste domingo (22) para ouvir orientações sobre a doença nas tendas montadas pelo A.C. Camargo Cancer Center no Novo Quebra-Mar, no José Menino. Realizada em parceria com a Secretaria de Saúde de Santos, a ação contou ainda com sessão interativa explicativa sobre este tipo de câncer e distribuição de protetor solar e viseira. 

Assim como outros participantes da iniciativa, José Donizete respondeu a um questionário que buscou avaliar o grau de possibilidade de ter câncer de pele, com perguntas como se tinha pintas pelo corpo ou histórico familiar da doença. "É muito bom esse tipo de ação porque muitos não têm informação sobre a doença".

Também aposentado, Demerval Gregório de Oliveira Filho, 70, olhava atentamente as figuras mostradas no questionário que poderiam apontar a doença. Ele respondeu negativamente às perguntas sobre se tinha passado por bronzeamento artificial, se já teve queimadura solar e sobre histórico familiar desta doença. De todos os atendimentos realizados, 39 moradores de Santos foram agendados para consulta no Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste e Nelson Teixeira, onde será feita uma investigação mais detalhada da suspeita averiguada na ação.

A dona de casa Edith Gomes de Oliveira, 67, lembrou que sequer se falava em uso de protetor solar quando ela, adolescente, trabalhava na roça, na Bahia. "Não tinha isso, não". Ela se mostrou preocupada com uma mancha na perna e passaria por uma avaliação em outra tenda da ação.

COMO PREVENIR

Dermatologista com especialização em Oncologia, Juliana Casagrande explicava, na sessão interativa 'Câncer de pele: conhecer para prevenir', que a prevenção à doença deve ser feita durante todo o ano, e não somente no verão. Quanto ao protetor solar, a especialista explicou que o produto deve ser usado em quantidade adequada por todo o corpo, 30 minutos antes da exposição solar. "A reaplicação deve ser feita a cada 3 horas ou se tiver contato com a água".

Secretário de Saúde de Santos, Denis Valejo destacou a importância de se tratar do tema mesmo fora da temporada de verão. "Estamos em um inverno muito atípico. É importante este tipo de orientação também no inverno, porque estamos falando de raios solares. Estamos em uma cidade litorânea. E, diante das mudanças climáticas, o sol está presente o ano todo".

Sobre a parceria com o A.C. Camargo Cancer Center, Valejo afirmou que a instituição é referência em câncer não somente no Brasil, mas em outros países. "Na Secretaria de Saúde, estamos firmando estas parcerias desde 2013. Temos de reforçar e buscar sempre a prevenção de qualidade. São dois aspectos que buscamos: acesso e qualidade. E, com essas parcerias, conseguimos dar esta qualidade".  

INCIDÊNCIA

O câncer de pele mais agressivo e o mais letal entre os tumores cutâneos é o melanoma, atingindo cerca de 4.600 homens e 4.300 mulheres no País e corresponde a cerca de 3% de todos os casos de câncer diagnosticados, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca).
Uma das principais preocupações acerca do melanoma é o diagnóstico tardio, pois não apresenta sintomas específicos, com o principal sinal sendo pintas assimétricas, de cores diferentes, bordas irregulares ou maiores que 6mm e, além disso, esse tipo de tumor tende a se espalhar para outras regiões do corpo - processo que é conhecido como metástase.

A iniciativa contou com o apoio da organização sem fins lucrativos Comunitas.

 

Esta iniciativa contempla o item 3 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Saúde de Qualidade. Conheça os outros artigos dos ODS