Conteúdo

Abertas inscrições para o Prêmio Educador Santista 2019

24 de julho de 2019
15h 48

A Secretaria de Educação (Seduc) abre nesta quarta-feira (24) as inscrições para o Prêmio Educador Santista 2019. Interessados em concorrer nas categorias educador, gestor e funcionário têm até o dia 13 de setembro para enviar o projeto. Os profissionais devem estar em exercício nas escolas municipais.

Este é o 11º ano da iniciativa, cujo intuito é identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de qualidade implementadas na rede municipal. Os melhores trabalhos serão definidos por comissão de especialistas em educação. Os projetos devem ser enviados ao protocolo da Seduc (Praça dos Andradas, 27), em envelope lacrado, com a ficha de inscrição e folha de rosto preenchidas. Os documentos obrigatórios estão disponíveis na internet.

Todas as informações necessárias sobre a participação podem ser conferidas no decreto 8.516, publicado no Diário Oficial desta quarta, entre as páginas 79 e 82.

PREMIAÇÃO

Na categoria educador, os autores dos 20 melhores projetos receberão bolsas de estudo para cursos de inglês ou espanhol (um semestre) e um dia na Estância do Alto da Serra. Os cinco primeiros serão premiados com viagens: 1º lugar, para Europa; 2º, para América do Norte; 3º, para América do Sul; 4º, cinco noites em Fortaleza e 5º, cinco noites em Maceió. Todos poderão levar um acompanhante.

Já na categoria gestor, serão selecionados os três melhores trabalhos e, entre eles, indicado o vencedor, que ganhará um aparelho projetor para sua unidade de ensino. Além disso, ganhará uma viagem de três noites para Foz do Iguaçu, com acompanhante, mesma premiação do ganhador da categoria funcionário.

VALORIZAÇÃO

A professora Edna Teixeira dos Santos conquistou a primeira colocação da categoria educador no ano passado, com o projeto ‘Intercâmbio virtual: encurtando laços, ampliando conhecimentos’, realizado na UME Prefeito Esmeraldo Tarquínio. Ela ganhou uma viagem para Portugal. “O prêmio representa uma valorização do trabalho que é feito em sala de aula todos os dias. São muitas ações desenvolvidas e eu acredito muito na educação por meio de projetos”.

A professora Maria Isabel de Braga e Silva, ganhadora do 3º lugar, em 2016, na categoria educador, com o projeto 'Preto no Branco', realizado com alunos de 9º ano da UME Lourdes Ortiz, destacou que a iniciativa estimula os profissionais. “As experiências apresentadas também podem servir de inspiração para outros professores”, completou.

Vencedora da categoria funcionário de 2018, a intérprete de libras Karoline do Amparo Fernandes, desenvolveu a iniciativa ‘Mãos Semeadoras’, na UME Pedro II. “Muito bom que exista esta oportunidade para divulgar as ações e projetos da rede municipal. Os profissionais não podem deixar de se inscrever”.

Galeria de Imagens

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.