Conteúdo
Página

Banco do Povo

Rua General Câmara, 30 - Centro
(13) 3222-2003
Publicado: 5 de fevereiro de 2018
18h 48

Banco do Povo

A Unidade do Banco do Povo Paulista em Santos já concedeu mais de R$ 17 milhões em financiamentos a empreendedores formais e informais, que são o público-alvo desta iniciativa pública de fomento a negócios.
O Banco do Povo Paulista foi instalado em Santos em 3 de junho de 2002, a partir de uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado.

O objetivo é oferecer financiamentos para empreendedores de micro e pequenos negócios, para investir em mercadorias, equipamentos, estoque, matéria-prima ou prestações de serviços para o negócio, como forma de viabilizar desenvolvimento socioeconômico local e geração de renda.

Pessoas físicas com negócio informal podem obter até R$ 3 mil (no primeiro empréstimo), R$ 4 mil (segundo) e R$ 5 mil (a partir do terceiro). Já para as pessoas jurídicas MEI, os valores máximos vão até R$ 8.100 pela linha tradicional Banco do Povo.

Já os empreendedores formais categoria MEI/ME/LTDA e EPP podem solicitar valores maiores pelas linhas parceiras Sebrae, até 21 mil apresentando certificado de um dos cursos do Empreenda Rápido.

Há também a linha Juros Zero, disponível apenas para a categoria MEI (Microempreendedor Individual), com valores até R$ 15 mil, sendo necessário apresentar certificado de um dos cursos do Empreenda Rápido.
Os cursos do Empreenda Rápido são on-line e gratuitos, oferecidos pelo Sebrae, que trabalha em conjunto para o fomento de negócios.

As pessoas físicas têm prazo de pagamento em até 12 vezes (matéria prima e mercadorias) ou 24 vezes (equipamentos) e, para as jurídicas, o limite é de 24 a 36 prestações e carência de 60 a 90 dias, dependendo do que for financiado. Os juros são de apenas 0,35% ao mês.

REQUISITOS

  • Possuir empreendimento formal ou informal no Município;
  • Residir ou ter negócio no Município há mais de dois anos;
  • Ter faturamento bruto de até 4,8 milhões/ano;
  • Não possuir restrições cadastrais;
  • Apresentar Notas fiscais comprovando a devida utilização dos recursos após a liberação do crédito;
  • Pessoa física deve apresentar avalista sem restrições cadastrais (não é permitido cônjuge, podendo ser parte de 1º grau, desde que não tenha sociedade no empreendimento) e que comprove capacidade de pagamento.

 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA

  • Comprovante de residência dos sócios (água, ou luz, ou telefone fixo, ou contrato de aluguel);
  • Certidão de casamento (RG e CPF dos cônjuges, se houver);
  • Alvará (se houver);
  • Orçamento dos bens a serem financiados;
  • Comprovante de renda do negócio (seis últimos meses de extrato bancário);
  • Última declaração de Imposto de Renda (se houver);
  • Cartão CNPJ (apenas para pessoa jurídica);
  • Contrato social e alterações/Certificado de Empresário Individual (apenas para pessoa jurídica);
  • Certidão Negativa de Débitos da Receita Federal (apenas para pessoa jurídica);
  • CRF – Certificado de Regularidade do FGTS (apenas para pessoa jurídica).
  • Plano de negócios para CNPJ com menos de 1 ano.
  • As solicitações devem ser preenchidas pela plataforma on-line no site www.bancodopovo.sp.gov.br

Mais informações: WhatsApp: (13)99737-0713 E-mail: santos@bancodopovo.sp.gov.br