Conteúdo

RESÍDUOS DOMICILIARES PRODUZIDOS POR MUNÍCIPES COM SUSPEITA OU CONFIRMAÇÃO DE COVID-19

Cuidados com o lixo dos doentes e pacientes suspeitos de coronavirus

Cuidados

Todos os resíduos produzidos na residência de um paciente com suspeita ou confirmação de COVID-19, devem ser descartados de maneira ambientalmente adequada afim de evitar a contaminação dos trabalhadores que coletam resíduos e também do meio ambiente. Esses são classificados com resíduos infectantes, conforme prevê a Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) da ANVISA           nº 222/18;

Seringas e Agulhas

Se por ventura, o paciente fizer uso de material perfuro cortante: seringas com agulhas ou outro similar, os mesmos devem ser descartados em material rígido, de preferência embalagem indicada para tal. O descarte desse material deve ser realizado na Policlínica mais próxima a residência.

 

Embalagem

É de extrema importância que esses resíduos sejam embalados em dois sacos que permaneçam fechados até o momento da coleta e também identificados, por exemplo com os seguintes dizeres: “LIXO INFECTANTE – COVID-19”;
Se o paciente se encontrar em isolamento em prédios ou condomínios, o síndico do mesmo deve ser notificado para que estabeleça um fluxo de descarte adequado afim de evitar contaminação, sendo: comunicação aos trabalhadores, lixeira separada, horário reservado para o descarte e qualquer outro procedimento que julgar apropriado a política do condomínio;

Home Care

Se o paciente em atendimento domiciliar estiver sendo assistido por empresa de Home Care, a mesma é a responsável por entregar kit contendo a embalagem indicada pela legislação para o descarte dos resíduos e também é responsável pelo descarte dos resíduos, conforme prevê a Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) da ANVISA nº 11/2006;

Artigos de uso pessoal e sanitário

A população deve tomar especial cuidado para não descartar artigos de uso pessoal e sanitário, tais como lenços ou papel higiênico em sistemas destinados à coleta de resíduos recicláveis, sempre deve ser descartado em saco duplo e identificado na coleta de resíduos domiciliares;

Sintomas de gripe

As seguintes medidas são recomendadas para pessoas com sintomas de gripe ou em isolamento domiciliar: descartar lenços, toalhas, fraldas ou papel higiênico em um primeiro saco plástico, fechando-o ao final do uso; acondicionar esses sacos em um segundo saco, que deve ser firmemente fechado ao fim de seu uso e devidamente identificado “LIXO INFECTANTE – COVID-19”. Deve ser descartado junto aos resíduos domiciliares;

Higienização das lixeiras

As lixeiras utilizadas no domicílio, prédio ou condomínio para a colocação de sacos plásticos com resíduos oriundos de pacientes com sintomas ou confirmação de COVID-19, devem ser higienizadas com água e sabão neutro e/ou água e água sanitária;