Conteúdo

OUTUBRO ROSA

Outubro Rosa é uma campanha mundial de conscientização para a detecção precoce do câncer de mama, o mais frequente nas mulheres, após o câncer de pele não-melanoma. O movimento foi criado no início dos anos 1990 pela Fundação Susan G. Komen For The Cure, dos Estados Unidos, e foi introduzido no Brasil a partir da cidade de Santos, pela enfermeira Gilze Maria da Costa Francisco, em 2007.
 

Desde 2009, uma vez por ano, a orla de Santos se enche da cor tema da campanha, na já tradicional Caminhada do Outubro Rosa, que reúne simpatizantes da causa. O ponto de partida é a Praça Vereador Luiz la Scala, popularmente conhecida como Praça do Aquário, na Ponta da Praia. De lá, os participantes partem até o canal 7, na pista sentido ferry-boat, retornando ao ponto de partida na sequência, na pista sentido José Menino. O evento chegou a reunir até 5 mil pessoas em uma única edição.

Em 2015, o movimento ganhou um incremento. Paralelamente à caminhada, passou a ser realizada a remada do Outubro Rosa, por meio da qual praticantes de canoa havaiana acompanham o percurso dos caminhantes.

Devido à pandemia de covid-19, a última edição da caminhada e da remada do Outubro Rosa foi realizada em 2019.
 

CALENDÁRIO OFICIAL DE SANTOS

Além do lançamento oficial da campanha, a Administração Municipal realiza ações de incentivo ao diagnóstico precoce dos cânceres ginecológicos. Por meio da Secretaria Municipal de Saúde, amplia o número de vagas e acesso à realização de mamografias, Papanicolau (para a detecção de câncer de colo de útero), exame de mamas e orientação às mulheres.

O Dia D do Outubro Rosa é sempre realizado em um sábado. Nesta data, as policlínicas da cidade ficam abertas para o atendimento às mulheres e também são realizadas ações mais específicas e previamente agendadas no Instituto da Mulher e Gestante, unidade de atendimento especializado.

Outra iniciativa da Municipalidade é a iluminação de prédios e espaços públicos na cor rosa. Em 2013, a Campanha Outubro Rosa passou a integrar o Calendário Oficial do Município de Santos, por meio da lei 2.927/2013.

GILZE FRANCISCO

A enfermeira Gilze Francisco foi acometida pelo câncer de mama em 1999, aos 38 anos. Precisou fazer a retirada total das mamas e passou por tratamento quimioterápico. Tornou-se uma defensora da causa e, ainda em tratamento, criou o site www.cancerdemama.com.br .

Em 24 de novembro de 2001, fundou em Santos o Instituto Neo Mama de Prevenção e Combate ao Câncer de Mama, entidade sem fins lucrativos que oferece atendimento multidisciplinar gratuito às pessoas acometidas por câncer de mama que moram nas nove cidades da Baixada Santista. Também presta apoio às famílias para o enfrentamento da doença. Quase 3 mil pessoas já foram atendidas pelo Instituto.

Além do Instituto Neo Mama, Gilze presidiu as Redes Feminina de Combate ao Câncer Nacional e do Estado de São Paulo.

Em julho de 2020, Gilze foi infectada pela covid-19, mas curou-se. Em abril de 2021, foi reinfectada pela doença e não resistiu. Faleceu em 1º de maio de 2021, após 21 dias internada e intubada.