Conteúdo

Virada Cultural atrai milhares de pessoas em maratona de diversão

23 de maio de 2010
18h 00

“Aqui há paz e alegria...Aqui é festa amor”. O trecho da música 'Filha', a primeira a ser apresentada pelo cantor Otto, no palco da Praça Mauá, durante a Virada Cultural, define bem o espírito da maratona de diversão e arte que invadiu a cidade no final de semana.

Aberta às 18h de sábado (22), no Teatro Coliseu, com a peça 'Calendário de Pedra’ - um solo de Denise Stoklos – e encerrada às 18h25 de domingo (23), com show de Zeca Baleiro, também na praça, a Virada atraiu 55 mil pessoas.

Foram 41 atrações, entre shows, exposições, performances, exibição de filmes e peças teatrais, em sete pontos do Centro Histórico, além da praça do Aquário, Pinacoteca Benedicto Calixto e Sesc.

A Polícia Militar e Guarda Municipal não registraram nenhuma ocorrência. “Com tantos palcos diferentes você tem a oportunidade de conhecer artistas novos e prestigiar aqueles que você gosta”, disse a comissária de bordo Silvia Mara, 35 anos, curtindo o som de Zeca Baleiro, com a filha Heloisa, de 9 meses, no colo.

A atração com maior público foi o show do cantor franco-espanhol Manu Chao, que fez 8 mil pessoas cantarem e dançarem, no começo da madrugada de domingo na Praça Mauá.

Coliseu
No Teatro Coliseu, as 900 cadeiras ficaram ocupadas sábado, para o espetáculo 'Bossa Nova', do Ballet Stagium. Ao som de clássicos da MPB, como Garota de Ipanema, Corcovado e Desafinado, os bailarinos encantaram o público. Casa cheia também para assistir o comediante Marcelo Mansfield, mesmo passando das 3h da madrugada. Antes, houve o show da cantora Rosanah.

Na manhã de domingo, o infantil 'Os Três Porquinhos' fez muitas famílias acordarem mais cedo. O sacrifício foi recompensado pela alegria da criançada, que se divertiu com as travessuras do lobo mau e acompanhou, com palmas, as cantorias dos porquinhos Rodela, Pururuca e Costelinha.

A Virada Cultural teve outros importantes nomes, como Ná Ozzetti, Yamandu Costa, Banda Carlos Gomes, Camerata Heitor Villa-Lobos, Quarteto de Cordas Martins Fontes, Grupo Tapa, Trupe Olho da Rua e Artimanha.

Marcaram presença ainda as bandas Os Radiophonicos (surf rock), Havana Brasil (ritmos caribenhos), Farufyno (samba rock), Bohemian Queen (cover do Queen), Marquinhos Mendonça e convidados (chorinho), entre outras atrações. A programação gerou 18.871 acessos ao hotsite da prefeitura: www.santos.sp.gov.br/virada2010, onde são encontradas fotos dos principais espetáculos.