Conteúdo

Violinista italiano e jovem jogador do Santos se encontram no Museu Pelé

27 de maio de 2015
15h 21

O violinista italiano Domenico Nordio, que se apresenta nesta quinta-feira (28), às 20h30, no Teatro Coliseu, ao lado da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS), visitou na tarde desta quarta-feira (27), o Museu Pelé. Além de conhecer o local, o solista encontrou o jogador da categoria sub-17 do Santos FC, Bruno Moreira Soares, 16 anos, para quem tocou trechos do Concerto Gregoriano, de Otorrino Respighi, e Aquarela do Brasil, de Ari Barroso.

Torcedor do Juventus, admirador do Santos e apaixonado pela América Latina, o instrumentista está em turnê internacional e contou que se sente honrado em promover a obra de um compositor italiano em diversas cidades, de diferentes culturas. “Para mim é um motivo de orgulho mostrar o trabalho de um grande autor que quase teve sua obra esquecida por razões ideológicas”, explicou.

Durante a apresentação, o solista vai interpretar o próprio Concerto Gregoriano, que segundo ele, é uma obra cujo tema está além de fatos históricos. “A música clássica é capaz de transcender a época da sua criação e, por isso, Respighi é grande”, ressaltou. A exibição, regida pelo maestro Luís Gustavo Petri, ainda traz a Sinfonia nº 1, de Brahms.

Para conferir a performance de Domenico e da OSMS, basta comparecer nesta quinta-feira (28) à bilheteria do teatro (Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico), a partir das 12h, para retirada dos ingressos gratuitos (dois por pessoa). Realização: Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura (Secult).

Foto: Susan Hortas