Conteúdo

UPA Central passa a receber verba do Ministério da Saúde

24 de outubro de 2016
18h 29

A UPA Central de Santos foi habilitada pelo Ministério da Saúde (MS) a receber R$ 3 milhões por ano em recursos federais. A assinatura da portaria que autoriza o repasse foi assinada na manhã desta segunda-feira (24), no Palácio dos Bandeirantes. A cerimônia teve a participação do ministro da Saúde, Ricardo Barros e do governador Geraldo Alckmin.

Na ocasião, outras 19 UPAs e 40 Santas Casas de todo o Estado foram contempladas com verbas a partir da habilitação dos serviços oferecidos. A habilitação ocorre somente a partir da inauguração da unidade de saúde e após a aprovação dos serviços oferecidos pelos técnicos do MS, que realizam visita ao local.

A equipe do ministério esteve na UPA Central e atestou que a unidade atende a todos os requisitos técnicos exigidos. O recurso virá por meio do aumento na verba MAC, enviada mensalmente pelo Ministério da Saúde para o custeio de unidades de saúde de média e alta complexidades.

Mais verba

Inaugurada no último mês de janeiro, a UPA Central estava sendo custeada integralmente com recursos financeiros do Município. Em 10 meses de funcionamento, R$ 15 milhões foram gastos pela Prefeitura (R$ 1,5 milhão/mês).

“Até o final do ano, terá custado R$ 18 milhões. O próximo passo será pedir ao Ministério a qualificação da UPA Central, para que o valor do repasse seja de R$ 500 mil ao mês”, afirmou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Foto: Arquivo Secor / Susan Hortas