Conteúdo

Santos conta com grupo gestor para disputar novos mercados de turismo

3 de maio de 2011
18h 00

A cidade terá a partir desta quinta (5) um grupo gestor, com representantes da iniciativa pública, setor privado e sociedade civil, encarregado de definir prioridades para alavancar o turismo. Seus integrantes, escolhidos nesta quarta (4), durante evento promovido pelo Ministério do Turismo, tomam posse às 11h, no Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (Av. Conselheiro Nébias, 365).

“Santos está em patamar superior à média de 50 cidades turísticas avaliadas pelo ministério na segunda etapa do estudo de competitividade dos destinos turísticos”, afirmou Evandro Welp, consultor do Instituto Marca Brasil, entidade que desenvolveu o projeto de avaliação do ministério com o Sebrae, Fundação Getúlio Vargas e Empresa Módulo.

Nesta quarta, durante a oficina do projeto de gestão e planejamento dos destinos turísticos, no sindicato, o consultor foi categórico: “Atualmente, uma pessoa com menos de 2 mil dólares, em até 24h, chega a qualquer lugar do mundo. Não estamos disputando o mercado turístico só com os municípios ou estados vizinhos”. Para ele, é preciso desenvolver uma visão global e trabalho integrado. “Quanto melhor formos como região, mais tempo conseguiremos manter o turista.”

A oficina termina às 13h desta quinta, após análise de cada uma das 13 áreas avaliadas no estudo, entre elas atrativos turísticos, aspectos ambientais e políticas públicas.
Participaram representantes das secretarias municipais de Turismo, Comunicação e de Infraestrutura e Edificações; SinHores/Skal; Agem; Abeoc (Associação Brasileira de Empresas de Eventos); CDLS (Clube dos Dirigentes Lojistas de Santos); Codesp; Etec Aristóteles Ferreira; Fams (Fundação Arquivo e Memória); Santos Convention Bureau; Sindicato de Guias de Turismo (Sindegtur); Diretoria Regional de Turismo do Estado de São Paulo; Sebrae; UniSantos; Central de Fretes e Harpya.