Conteúdo

"Leia Santos" festeja o aniversário do Centro

14 de agosto de 2015
15h 37

O Leia Santos chegou à Praça Andradas, na manhã de sexta-feira (14), para festejar o aniversário da região central. Entre livros e gibis, o projeto, que é realizado pela Secretaria de Cultura (Secult), distribuiu mais de 300 publicações nesta edição, que tem como objetivo democratizar a literatura.

“Conheço e utilizo essa iniciativa há muito tempo. A ideia é muito boa porque está à disposição para todos, sem distinção. Isso acaba elevando a cultura”, afirmou a agente de correio Cleide Maria Pena Silva.

Balanço

Desde maio, já foram adotadas cerca de 10 mil obras pela população. A cada bairro, os organizadores realizam uma seleção das publicações. A região central é conhecida pelo alto nível de exigência. “Hoje trouxemos muitas obras de autores como Fernando Sabino, Érico Veríssimo, William Faulkner”, falou um dos organizadores do projeto, Rodrigo Lucheta.

A iniciativa, que abrigou a exposição Conheça o seu Bairro, que comemora o aniversário da região central de forma especial, também doou livros de autores da Baixada Santista e contou com o Espaço Leitura, Varal de Poesias, além dos já citados Adote um Livro e Adote um Gibi.

Pais e filhos

Durante a manhã, muitos pais pararam na Praça dos Andradas e adotaram livros e gibis para incentivar os filhos a entrar no mundo da leitura. “Me pegou de surpresa. É a primeira vez que vejo essa estrutura montada. Passei aqui para pegar alguns livros e gibis para o meu filho de 7 anos. Ele gosta bastante de ler”, disse Stephanie Ribeiro Maia, de 32 anos, que também aproveitou para adotar um livro para a avó, de 83 anos.

Já Leonardo Mendes, de 32 anos, pediu um tempinho de folga ao chefe para levar alguns gibis para o filho de 11 anos. “É um muito importante incentivar a leitura nessa fase. Esse projeto realmente é muito bom”, comentou o segurança rodoviário.

Foto: Francisco Arrais