Conteúdo

Guias de turismo vão divulgar atrações da área continental

8 de novembro de 2011
20h 00

Nove guias de turismo da região, inscritos na oficina de aperfeiçoamento profissional para receptivo dos turistas de cruzeiros marítimos, visitaram terça-feira (8) o chamado ‘portinho’ e a Estância Diana, na área continental. O roteiro foi organizado pelas seções de ecoturismo e de formação técnica e profissional da Setur (Secretaria de Turismo).

Os guias conheceram a Sala Verde, da ONG Projeto Parcel, centro de difusão social, onde há um museu com conchas, ouriço, polvo e arcada de tubarão, entre outras peças. Bonecas e bijuterias produzidas por artesãs do Caruara também estão expostas. A Sala Verde promove passeios, cursos e oficinas, além de divulgar os pratos típicos da comunidade.

Búfalos
Na Estância Diana, as atrações foram os búfalos da raça Murrah e um viveiro de plantas exóticas da África. A guia Renata Santos visitou a área continental pela primeira vez. “É um lugar tranquilo. O museu e o artesanato são muito interessantes”.

Sérgio Silva elogiou a iniciativa da Setur. “Muitos turistas nem sabem que existe este espaço verde em Santos. É essencial que os guias tenham essa experiência e uma nova visão da cidade”.

Segundo Milene Correia de Oliveira, coordenadora da seção de ecoturismo da Setur, os guias participaram inicialmente de palestra para conhecer as características da área.