Conteúdo

Fundo Social tem oficina para a Ação do Coração

16 de julho de 2015
14h 16

Sentimentos de paz, amor e fé têm sido "costurados" junto aos corações de pano confeccionados pelas voluntárias do Fundo Social de Solidariedade (FSS). Elas participam das oficinas realizadas de segunda a sexta-feira, na sede da instituição, para a campanha Ação do Coração, que tem como uma das sedes para entrega dos corações de tecido o FSS. O evento chega a 4ª edição, com o tema “A Cultura do encontro da educação com o coração”.

Josette Mendes, de 74 anos; Vera Lucia da Costa, 64 e Leda Marques Cruz, de 73, são um recorte das inúmeras histórias que se entrelaçam na hora da oficina. “Quando termino um coração, me sinto em paz. Quem recebê-los, com certeza receberá algo de bom em sua vida”, afirmou Josette.

Para Vera Lucia, a entrega de um coração simboliza a fé que ela e um grupo de amigos possuem, tanto que entregaram um deles para uma pessoa querida que estava em coma na UTI. “Depois que entregamos o coração, ela acordou e hoje já está no quarto se recuperando. Creio que a intenção colocada vale como uma oração”.

Recuperação

As oficinas também amenizam dores, com a de Leda, que ficou viúva há alguns meses e ainda se adapta à nova rotina sem o marido. “Ele me ajudava a riscar os tecidos e sinto muita falta dele. Mas fazer esses corações ajuda muito. Nos dias que não tenho vontade de sair de casa é quando faço mais corações. Com as meninas do Fundo Social, consigo aguentar a situação”.

Locais

Os corações de pano são feitos em muitos outros lugares: escolas municipais, Seção de Acolhimento de Idosos e Famílias em Situação de Rua, policlínicas do Monte Serrat, Morro da Penha, Morro do José Menino, dos bairros Bom Retiro, Ponta da Praia e Embaré, além do Ambulatório de Especialidades da Zona Noroeste.

Tapete

Misturados aos outros milhares, que chegam de todas as partes da Cidade e de outros lugares do país e do mundo, os corações de tecido formarão o tradicional tapete colorido de boas intenções, desta vez na praia do Gonzaga, em frente à Praça das Bandeiras, no dia 2 de agosto, com concentração a partir das 11h. Segundo o organizador Alexandre Camilo, da Associação Eduardo Furkini, são esperadas cerca de 50 mil pessoas.

“Além disso, as pessoas podem abrir gavetas, armários para separar alimentos, brinquedos e agasalhos”, pede. Como já aconteceu em outras edições, 25% dos brinquedos e alimentos doados são encaminhados FSS e os outros 75% são levados para a região do Vale do Ribeira.

Medalhas

Nesta quarta-feira (15), uma oficina aconteceu no salão paroquial da Igreja Imaculado Coração de Maria (Avenida Dona Ana Costa, 74 - Vila Mathias) para celebrar os 100 anos da igreja. Foram confeccionados 100 unidades em tecido com medalhinhas de Nossa Senhora.

Serviço

Informações para trabalhar como voluntário e os endereço de pontos de coleta de alimento, brinquedo, agasalhos e corações podem ser obtidas pelos telefones: 3345-3893 e 3345-3894.

Postos de coleta de agasalho, brinquedos, alimentos e corações de pano:

• Ilha de Conveniência (orla, Boqueirão) - diariamente, das 10 às 17h;

• Shopping Parque Balneário (Avenida Ana Costa, nº 549, Gonzaga) - diariamente, das 15h30 às 20h30;

• Festa Inverno (Av. Rangel Pestana, 184, Vila Mathias) - De terça-feira a domingo, das 18 às 23h;

• Paróquia São Benedito (Av. Afonso Pena, 360) - toda quarta-feira, às 19h.

Conteudo do Portal de Comunicação

Para ver todas as novidades sobre "Assistência" visite o Portal Comunicação