Conteúdo

Equipamentos públicos ganharão 30 câmeras

1 de junho de 2017
16h 39

Mais 30 câmeras do Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM) serão instaladas pela Prefeitura, no segundo semestre, em equipamentos públicos ligados às secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Esportes. As novas unidades somam investimentos de R$ 1.768.333,33, provenientes do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano, da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem).

Do total, 16 serão no Centro Esportivo e Recreativo M. Nascimento Junior, na Zona Noroeste; 13 no Jardim Botânico Chico Mendes, uma delas Dome (com giro horizontal de 360º graus, alcance de até 800 m e aumento de imagem em até 36 vezes), e uma na UPA Central, na Vila Mathias. As instalações serão feitas por empresa contratada, com supervisão do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicações, ligado à Secretaria de Gestão.

Atualmente são 607 unidades, entre fixas (visão de até 150 m), Dome e OCR (digitais de alta resolução, que permitem reconhecer placas de veículos), espalhadas em áreas com maior concentração de pessoas, importantes vias, corredores comerciais e equipamentos públicos.

Licitação

Outras 23 câmeras estão previstas para serem instaladas no Jardim Botânico ainda este ano. Em fase de licitação, os recursos serão oriundos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade). Importante na prevenção de crimes, monitoramento do trânsito e segurança da população, a tecnologia auxilia nas ações da Guarda Municipal e da Polícia Militar. Só ano passado foram 12.009 ocorrências registradas pelo SIM. Neste ano, até o momento, 4.702.

Foto: Anderson Bianchi