Conteúdo

Entrada da Cidade: via da Zona Noroeste já recebe obra de corredor de ônibus

20 de junho de 2016
16h 41

A Rua Dr. Mário Graccho, no São Manoel, está tomada por operários e máquinas, entre as ruas Dr. Pedro de Castro Rocha e Manoel Dias Canoilas, para implantação de corredores de ônibus. Parte integrante das obras de remodelação viária da entrada da Cidade, tem investimento de R$ 34,5 milhões, com prazo de execução de 24 meses.

Os serviços englobam 18 quilômetros de vias, incluindo drenagem com novas sarjetas, substituição de manilhas quebradas e entupidas, repavimentação, passeios acessíveis, nova sinalização e mobiliário urbano.

Continuidade

“As obras começaram nas calçadas do lado esquerdo da via, sentido rodovia – bairro. Quando estiver concluído o trecho até a Rua Francisco Meira, será feito o outro lado do passeio”, diz o arquiteto Glaucus Farinello, da Prefeitura. Haverá ainda repavimentação da via e instalação de novos abrigos de ônibus.

Depois, as equipes executarão as calçadas da Av. Jovino de Melo e intervenções em parte das vias Nossa Senhora de Fátima e Martins Fontes. Os corredores de ônibus ganharão luminárias de LED em 935 pontos, ao custo de R$ 3,4 milhões. A licitação para o serviço está na fase de assinatura de contrato.

Rota segura

Com a remodelação das calçadas, a circulação será mais segura e confortável para idosos e cadeirantes.

Entre as ruas Cel. Feliciano Narciso Bicudo e Dr. Lucas Rodrigues Janot estão sendo feitas baias de estacionamento maiores, para atender aos moradores que trabalham com caminhão e têm credencial para estacionamento. O novo ordenamento leva em conta também a arborização e vai resolver o problema de gargalo no fluxo de ônibus.

Pavimentação e nova rotatória

A segunda etapa de obras inclui pavimentação e melhorias em parte da Avenida Nossa Senhora de Fátima, ruas Júlia Ferreira de Carvalho e Zelnor Paiva Magalhães, nova rotatória Sul da ponte sobre o rio São Jorge, via Beira Rio e sua ligação até o canal da Avenida Jovino de Melo.

Na terceira, estão inseridas a ponte sobre o Rio São Jorge, viaduto sobre a Via Anchieta/ Avenida Martins Fontes e galerias nas avenidas Martins Fontes e Nossa Senhora de Fátima.

Os recursos totais somam R$ 290 milhões, por meio de financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

1ª etapa – 18 km de vias em 3 trechos, envolvendo 20 vias

- Ruas Mário Graccho, Francisco Meira, Ada Campanini, Lucas Junot, Professor Laurindo, Manoel Ferramenta Junior, Cristiano Solano, José Dias de Moraes, Amadeo Barbielini, Pedro Rocha; avenidas Jovino de Melo, Hugo Maia, Afonso Schmidt e Álvaro Guimarães; e Praça José Lopes;

- Av. Nossa Senhora de Fátima (entre divisa de Santos e R. Julia F. de Carvalho);

- Avenidas Visconde de São Leopoldo, Getúlio Vargas, Martins Fontes (entre Cemitério da Filosofia e Trav. João Cardoso) e R. Visconde de Embaré.

Depoimentos

“Estávamos precisando de algumas melhorias. Com a troca de manilhas entupidas e a pavimentação, vai ficar muito melhor” - José Irinaldo de Freitas, 43 anos, motorista

“As obras são muito boas, vai deixar o bairro mais bonito e com calçadas boas para os idosos caminharem com segurança” - Maria Sebastiana Alves da Silva, 60 anos, comerciante

“No tempo que moro aqui, sete anos, não tivemos nenhuma grande obra da Prefeitura. Agora posso dizer que não fomos esquecidos” - José Aldo Rodrigues Caetano, 38 anos, comerciante

“São muito boas essas baias para estacionamento dos caminhões. Hoje do jeito que param atrapalham bem o trânsito por aqui” - Luiz Carlos Ferreira de Oliveira, 51 anos, mecânico

Foto: Ronaldo Andrade