Conteúdo

Comissão da Câmara Federal visita obras do Museu Pelé

26 de novembro de 2013
16h 36

Representantes da Comissão de Turismo e Desporto, da Câmara Federal, visitaram nesta terça-feira (26) as obras do Museu Pelé, em construção pela prefeitura no Valongo. A comissão está empenhada na tramitação de convênio com a União, no valor de R$ 10 milhões, que serão aplicados na parte de museologia (montagem dos espaços, acervos e atrações) do futuro equipamento turístico.

Para o prefeito, Paulo Alexandre Barbosa, o envolvimento da comissão é um importante apoio para a entrega do museu antes da Copa do Mundo. Após a conclusão da obra, explicou aos visitantes, o equipamento entra na fase da montagem dos espaços, acervos e atrações. “O museu é fundamental no processo de resgate de uma área histórica de Santos”, ressaltou.

O presidente da comissão, deputado Valadares Filho (SE), ficou empolgado com o andamento da obra e ressaltou a importância da instalação do empreendimento na cidade que consagrou o Rei do Futebol. “Este é um momento muito importante para o turismo brasileiro. O museu será uma atração para pessoas do mundo inteiro”.

Durante a visita, o engenheiro responsável pela gestão da obra, José Eduardo Moura, explicou todas as fases do projeto. Além de Valadares integraram o grupo os deputados federais, Márcio França (SP), Fábio Reis (SE) e Sérgio de Oliveira (PR), e o secretário estadual de Turismo, Cláudio Valverde.

Museu

O Museu Pelé será dividido em três blocos e terá atrações interativas, além de galeria para exposição e auditório. O custo total é de R$ 40 milhões, com a maior parte dos recursos procedentes da Lei Rouanet (federal) e ProAc (estadual). A coordenação é da Ama Brasil e execução da MSC Engenharia. Há investimentos do BNDES e das empresas Caio, Carbocloro, Sherwin-Williams, Libra Terminais, Santander, Odebrecht, Franz Construtora, Vivo, MRS Logística, Votorantim, Vale, Mitsubishi, Gerdau, Ambev, Rumo Logística, Cosan, Sabesp, Codesp e do empresário Armênio Mendes.

Foto: Isabela Carrari