Conteúdo

Começa obra para remodelação viária da entrada da Cidade

23 de maio de 2016
17h 31

Com a demolição de sarjetas na Rua Mário Graccho, na Zona Noroeste, a Prefeitura começou nesta segunda-feira (23) o projeto para implantação dos corredores de ônibus do São Manoel, parte integrante das obras de remodelação viária da entrada da Cidade, aguardadas há mais de 30 anos.

As intervenções iniciais estão inseridas na primeira etapa de obras, que tem investimento de R$ 34,5 milhões com prazo de execução de 24 meses.

Englobando 18 quilômetros de vias, vão beneficiar os mais de 120 mil moradores da Zona Noroeste e quem trafega pelo local. Incluem corredores de ônibus, drenagem com novas sarjetas e substituição de manilhas quebradas e entupidas. E ainda repavimentação de vias e passeios acessíveis, dentro dos padrões do Calçada para Todos.

“Haverá também nova sinalização e mobiliário urbano. No São Manoel, os serviços terão continuidade na Rua Francisco Meira e depois as equipes executarão as calçadas da Av. Jovino de Melo”, explica o arquiteto Glaucus Farinello, da Prefeitura. “Ainda nesta etapa, vias importantes como a Nossa Senhora de Fátima e Martins Fontes também receberão intervenções”.

Iluminação

Os corredores de ônibus ganharão, a partir do mês que vem, luminárias de LED - tecnologia que resulta em maior potência e durabilidade e menor consumo de energia – em 935 pontos. A empresa vencedora da licitação para execução deste serviço, por R$ 3,4 milhões, é a Quantum.

Etapas complementares

A segunda etapa de obras terá pavimentação e melhorias na Avenida Nossa Senhora de Fátima (entre a ponte da Rua Júlia Ferreira de Carvalho e a Rua Itanhaém) e nas ruas Júlia Ferreira de Carvalho e Zelnor Paiva Magalhães, a nova rotatória Sul da ponte sobre o rio São Jorge, uma via Beira Rio e sua ligação até o canal da Avenida Jovino de Melo.

A avenida Beira Rio fará a futura conexão viária com a ponte sobre o Rio São Jorge (terceira etapa de obras), que prevê viaduto sobre a Via Anchieta/Avenida Martins Fontes e galerias nas avenidas Martins Fontes e Nossa Senhora de Fátima.

As obras contarão com investimentos de R$ 290 milhões por meio de financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Foto: Ronaldo Andrade