Conteúdo

Atleta da equipe santista feminina de basquete é convocada para seleção brasileira

12 de julho de 2017
14h 39

Com 22 anos de idade e oito de basquete, a pivô Letícia Rodrigues voltou a Santos nesta temporada para viver o melhor ano da sua carreira. Ela foi convocada pela primeira vez para defender a seleção brasileira adulta de basquete e se apresenta nesta quinta-feira (13).

Defendendo o SantosFC/Fupes, Letícia foi vice-campeã do Paulista da 1ª Divisão. Ela já havia defendido a cidade quando ainda era adolescente, trazida pela treinadora Carmen Fernandes, que percebeu o talento da garota.

“Eu dava aula de basquete em Praia Grande quando conheci a Letícia. Ela jogou comigo em Santos e passou por outras equipes que jogaram a Liga Nacional. O basquete dela cresceu muito com o tempo”, destaca Carmen.

Quando defendeu Santos pela primeira vez, Letícia treinava no Rebouças e, no último domingo (9), fez questão de estar presente na reabertura das quadras externas do Centro Esportivo, quando a equipe do Santos realizou atividades com os alunos da modalidade.

Com a seleção, Letícia participa da Copa América, que será disputada na Argentina, em agosto. “Estou muito ansiosa. Treinando mais do que o normal. É só colocar em prática o que eu treino e fazer meu trabalho”.

Os sonhos são altos e o trabalho do dia a dia é duro para que os objetivos sejam alcançados. “Quando a Carmen me chamou, com 14 anos, passei a gostar do esporte e sempre me dediquei bastante. Sonho hoje em jogar os Jogos Olímpicos e na WNBA”.

Exemplos

Descobridora e atual técnica, Carmen também acredita que a convocação será boa para as outras atletas da equipe e para o basquete santista. “É um incentivo para as jogadoras mais novas. Estamos conseguindo mostrar que o basquete na Baixada também dá certo”.

Semes tem escolas de basquete

A ida da jogadora Letícia para a seleção brasileira também serve de exemplo para os alunos das escolas de basquete da Secretaria de Esportes. No Centro Esportivo e Recreativo Rebouças, na Ponta da Praia, são 185 alunos, de oito a 21 anos. E as inscrições para a modalidade estão abertas até sexta-feira (14). Informações: 3261-1980.

No basquete adaptado são 35 pessoas fazendo aulas também no Rebouças. Interessados devem procurar o Sespad (Praça Rebouças s/nº, Ponta da Praia).

As aulas de basquete também acontecem no Centro Esportivo e Recreativo da Zona Noroeste. São 60 alunos, de sete a 12 anos. Novas vagas serão abertas no início de agosto. Informações: 3203-4448.

Foto: Susan Hortas