Conteúdo

30ª Feira da Solidariedade termina com sucesso

22 de novembro de 2015
9h 13

Mais uma Feira da Solidariedade, Arte e Cidadania de sucesso. Durante três dias, de quinta (19/11) a sábado, a 30ª edição, que teve a participação de 99 artesãos e 37 entidades, superou expectativas. O evento aconteceu no Mendes Convention Center e muitos visitantes aproveitaram para antecipar compras de Natal. O encerramento artístico do evento contou com a apresentação do grupo Cantores do Rádio.

A variedade, a beleza, o capricho e o bom preço apresentados nos produtos dos expositores foram os diferenciais que agradaram o público. Com uma sacolinha repleta de presentes, a aposentada Maria Cecília Mesquita, de 59 anos, saiu satisfeita. “Os preços são ótimos e a gente pode ajudar as entidades. Valeu a pena”, explicou ela.

Na feira, foram vendidos móveis, objetos decorativos, enxovais para bebê e para casa, brinquedos em EVA e tecido, utensílios de cozinha, roupas, bolsas, bijuterias e outros acessórios. O dinheiro obtido pelas entidades é revertido para o desenvolvimento dos seus trabalhos sociais. Os artesãos participantes doarão 20% da renda bruta para uma das associações.

Uma das entidades cujo estande esteve bastante movimentado foi o do Lar Espírita Caminho de Cristo. Para Helenice Garcia Pajaro, de 63, uma das trabalhadoras da casa, a 30ª edição da feira foi uma das melhores. “Foi muito bom e para nós o evento é importante, porque usamos os recursos no trabalho assistencial da casa. Compramos cestas básicas, fazemos enxovais de bebês e oferecemos oficinas de costura”.

Entre os artesãos que participaram pela primeira vez estava Clayton Costa, da Baba de Moças (com venda de bolsas customizadas ao estilo mineiro), para quem a feira superou as expectativas e está incluída nos planos da empresa para os próximos anos. “Divulguei bem o meu produto para os visitantes, que depois trouxeram amigos que também se tornaram clientes. Precisei até repor bolsas por causa do volume de vendas. O outro lado disso é ter a oportunidade de contribuir com as entidades e ajudá-las com nosso trabalho”.

Quem compareceu à feira, e ficou animado para aprender mais sobre artesanato, teve a oportunidade de participar de diversas oficinas realizadas todos os dias; além de conferir as apresentações artísticas que animaram o público e saborear doces e salgados. O evento foi realizado pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) e teve apoio das Secretarias de Assistência Social (Seas) e de Cultura (Secult).