Serviço

Famílias acolhedoras

Acolhimento e proteção a crianças afastadas de suas famílias

Possibilitar que crianças afastadas de seus pais e irmãos biológicos possam viver em famílias bem estruturadas é o objetivo do programa Rede de Famílias Acolhedoras. A iniciativa tem possibilitado uma nova chance a vítimas da desestrutura de muitos lares, atuando na perspectiva de garantir a prestação de serviço de acolhimento a crianças e adolescentes, e está ligado à Coordenadoria de Proteção Social de Alta Complexidade.

Famílias que se candidatam como acolhedoras passam por avaliação de assistentes sociais e psicólogos e devem ter disponibilidade interna e externa de receber temporariamente crianças que vivenciam violação de seus direitos. Trata-se de uma rede de solidariedade e compromisso cidadão. É uma maneira de compreender seu papel frente às questões relativas à vida em sociedade. Ser família acolhedora é antes de tudo se dispor a colaborar com o próximo.

É uma doação afetiva que rende frutos tanto para as crianças que necessitam de acolhimento quanto para quem se dispõe a colaborar. As famílias biológicas que passam por problemas são avaliadas por profissionais e nos casos em que há necessidade de retirada das crianças e adolescentes como medida de proteção, as famílias acolhedoras são acionadas. Aceitando o acolhimento, elas recebem mensalmente uma ajuda de custo de R$ 386,62, verba destinada do Fundo Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA).

Contato

Endereço: Rua Miguel Presgrave, 26 - Boqueirão
Telefone: 3251-9333
Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 18h

Critérios para participar

  • Morar em Santos
  • Ter mais de 18 anos
  • Não desejar adotar
  • Não ter problemas psíquicos, nem usar drogas
  • Todos os membros da família aceitarem o acolhimento.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.

Atualizações

Todas as novidades para Famílias acolhedoras