Conteúdo

Teatro orienta sobre doenças transmitidas por mosquitos

25 de setembro de 2018
14h 19

Alunos do 5º ano da escola Professor Florestan Fernandes, no Embaré, assistiram, na manhã desta terça-feira (25), à encenação 'Chapeuzinho Vermelho na Floresta Contaminada', com orientações para prevenção de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Na peça, encenada por oito atores, personagens de histórias infantis apresentam sintomas de vírus transmitidos por mosquitos e contestam o descarte irregular de lixo, alertando quanto à destinação correta de resíduos sólidos. Quarenta edições já foram realizadas nos últimos seis meses. Todas as escolas da rede municipal serão contempladas.

“A ideia é unir educação, saúde e meio ambiente numa só proposta”, explica Liseane Oliveira, chefe do Departamento de Informação, Educação e Comunicação (IEC) da Secretaria de Saúde (SMS). “Queremos melhorar a qualidade de vida dos moradores, em uma Cidade mais sustentável”.

Segundo a enfermeira da SMS Kátia Noronha, que atua na sonoplastia da peça, é estratégica a disseminação de conhecimento para o público infantil. “As crianças compartilham as informações sobre prevenção com pais e vizinhos”.

Quem também participa da apresentação é a estagiária da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) Laryssa Tomazelli, estudante de Biologia. “Falamos sobre o recolhimento de dejetos de animais domésticos, utilizando sacolinhas”, conta, mencionando a relação da reciclagem com a saúde pública. “A gente explica que o lixo deixado na rua acumula água parada”.

ESCOLA

De acordo com a professora Samira Gerolamo, zika e chikungunya são novidades para as crianças. “Eles têm conhecimento somente da dengue. De outras doenças, sabem apenas superficialmente”.

Um dos espectadores da peça foi Pedro Moraes, de 10 anos, que passará a orientar amigos e familiares. “É muito importante que todos façam a sua parte para que não haja mais doenças”, diz, já repassando o que aprendeu. “É importante jogarmos o lixo limpo no lugar certo”.

Foto: Isabela Carrari

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.