Conteúdo

Quatro policlínicas de Santos ampliam atendimento a partir deste sábado

10 de maio de 2019
13h 28

A partir deste sábado (11), quatro policlínicas da Cidade abrirão todos os sábados, das 9h às 16h, para consultas, vacinação, curativos, aferição de pressão arterial, distribuição de medicamentos e outros serviços.

Em uma primeira etapa, a Prefeitura definiu as policlínicas do Bom Retiro (Rua João Fraccaroli s/n°), Vila Mathias (Rua Xavier Pinheiro, 284), Aparecida (Av. Pedro Lessa, 1.728) e Nova Cintra (Rua José Ozéas Barbosa s/n°), destinada aos moradores das regiões de abrangência destas unidades. Neste final de semana serão promovidas ações para mulheres, alusivas ao Dia das Mães.

O programa Mais Atenção Básica, da Secretaria Municipal de Saúde, visa facilitar o acesso da população aos serviços e contribuir para melhorar o atendimento das unidades de urgência e emergência (UPAs e PS), que recebem grande fluxo de casos de baixa complexidade.

Cada policlínica realizará cerca de 60 consultas com médicos generalistas, 20 de enfermagem e 20 de dentistas, totalizando 100 consultas, o que representa 400 consultas nas quatro unidades por final de semana (1.600 consultas/mês). As consultas já foram agendadas e haverá alguns encaixes que serão avaliados após acolhimento das equipes de enfermagem. As unidades também terão apoio do Samu para casos de urgências primárias, a exemplo de pessoas com a pressão arterial descompensada.

 “A abertura das unidades aos sábados vai beneficiar as pessoas que têm dificuldades de buscar atendimento durante a semana, por causa do trabalho ou estudo, e também ajudará a desafogar as nossas unidades de pronto atendimento”, ressalta o prefeito Paulo Alexandre Barbosa. “As UPAs estão recebendo cerca de 75% dos casos classificados como verde ou azul, ou seja, não urgentes, os quais podem ser resolvidos nas policlínicas”, complementa o secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz.

As recepções destas unidades estarão abertas também aos sábados para agendamento de consultas e exames básicos, além da entrega de medicamentos. As salas de vacina farão a aplicação das doses da campanha contra a gripe, que está em andamento, e de outras vacinas previstas no calendário nacional para cada faixa etária. Mais de 60 profissionais atuarão nas quatro unidades, entre médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, dentistas, auxiliares de saúde bucal, técnicos de farmácia, agentes comunitários de saúde e oficiais administrativos.

 

Foto: Raimundo Rosa/arquivo

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.