Conteúdo

Prefeitura expõe estudos em seminário sobre hidrovias

18 de setembro de 2018
15h 44

A implantação de hidrovias para transporte de cargas e passageiros pelas cidades da Baixada Santista foi tema de seminário realizado nesta terça-feira (18) pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Santos (Aeas) na própria sede, no Boqueirão.

Um dos palestrantes do evento, o assessor técnico da Secretaria de Assuntos Portuários, Indústria e Comércio Adilson Luiz Gonçalves mostrou estudos da Prefeitura para a utilização de rios da Área Continental e de outros municípios. Ele também integra núcleos de pesquisa da Universidade Santa Cecília (Unisanta) e do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb).

“A implantação é baseada em três eixos: econômico, social e ambiental”, disse Gonçalves, explicando sobre leis de proteção à Mata Atlântica e mencionando a possibilidade de tarifas competitivas com as rodoviárias, “porém, com a vantagem de não haver trânsito”.

Ele também falou sobre a possibilidade de utilização de barcos para transporte municipal, comparando o deslocamento de meios de transporte. “Em horário de pico, o ônibus circula em velocidade média de 12 quilômetros por hora. Temos barcos que podem chegar a 20 quilômetros por hora”.

O seminário contou ainda com a presença de autoridades da área portuária e representantes de empresas da região.

 

Foto: Raimundo Rosa

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.