Conteúdo

Obra do Parque Tecnológico avança na parte de alvenaria

20 de março de 2019
15h 44
Fachada do futuro parque tecnológico em obras. #Pracegover

O prédio do futuro núcleo do Parque Tecnológico de Santos já tomou forma. Quem passa pela Rua Henrique Porchat, na Vila Nova, já consegue ter ideia de como será a edificação, construída nos fundos do Centro de Atividades Integradas (Cais) Colégio Santista, e que deve ficar pronta até o final deste ano.

Os trabalhos, concentrados na alvenaria, foram conferidos na manhã desta quarta-feira (20) pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa. A superestrutura foi erguida e está sendo finalizada a concretagem da caixa d’água. O prédio terá cerca de 7,5 mil m² - é o segundo maior prédio público erguido em Santos nos últimos seis anos, menor apenas que o Complexo Hospitalar dos Estivadores.

O empreendimento é uma das grandes apostas para atrair uma nova vocação econômica para a Baixada Santista: será ferramenta de fomento para pesquisa e desenvolvimento tecnológico e inovação, assim como a geração de empregos. No local, vão operar empresas incubadas e pós-incubadas e laboratórios.

Estão previstos cinco andares de escritórios, um pavimento de auditório com terraço, que servirá como área de convivência, além de um pavimento exclusivo de apoio a ciclistas, com bicicletário, vestiário e espaço fitness, com bicicletas ergométricas geradoras de energia.  

“Essa obra está sendo aguardada há muito tempo pela comunidade acadêmica e pelas empresas que atuam na área de desenvolvimento econômico e inovação. No ano que vem, o Parque Tecnológico de Santos estará em funcionamento”, garante o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

O investimento de R$ 11,9 milhões para finalização da obra está a cargo da empresa Ecoporto, por meio de termo de medidas compensatórias (Trimmc). A fiscalização da obra está a cargo da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Edificações.

 

Foto: Isabela Carrari