Conteúdo

Jabaquara vai ganhar escola e nova policlínica

25 de outubro de 2018
17h 54
Arte com fachada da nova escola municipal no Jabaquara. #Pracegover

O bairro do Jabaquara vai ganhar uma escola municipal e nova policlínica no segundo semestre de 2019. Os equipamentos serão instalados em terrenos vizinhos, localizados entre a Avenida Doutor Waldemar Leão e as ruas Marechal Carmona e Vasco da Gama. As duas estruturas serão financiadas pela iniciativa privada, em parcerias com o Município.

Em área de 3,4 mil metros quadrados, a UME Jabaquara contará com 22 salas de aula para 602 alunos, sendo 72 de berçário I e II, 88 de maternal I e II, 56 de jardim, 56 de pré-escola e 330 de ensino fundamental 1 (1º a 5º ano).

O terreno foi adquirido com recurso proveniente da empresa portuária Ageo, por R$ 8 milhões, como contrapartida pela ampliação de atividades na Ilha Barnabé. Já a obra, iniciada segunda-feira (22) e estimada em R$ 15 milhões, será custeada pelo Grupo Mendes, como medida compensatória por empreendimentos na Ponta da Praia.

Totalmente climatizada, a escola contará com sistema de reconhecimento facial para acesso e controle de frequência dos alunos. A tecnologia também permitirá o planejamento diário do volume de merenda. Em caso de falta, os pais ou responsáveis serão comunicados por mensagem de celular (SMS).

Nos 3,6 mil metros quadrados de área construída, a unidade vai abrigar espaço multimídia com 60 lugares (com tratamento acústico), brinquedoteca, biblioteca digital (acessível), laboratório tecnológico e salas de integração sensorial, Atendimento Educacional Especializado (AEE), música, artes visuais, lutas e dança.

Os alunos também vão dispor de uma quadra poliesportiva de 763 metros quadrados. A estrutura inclui ainda lousas digitais, teto para captação de energia solar, cabeamento de fibra ótica e câmeras de monitoramento.

“Será um modelo de escola pública para o Brasil”, diz o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, mencionando que a unidade será utilizada também aos sábados e domingos. “No fim de semana, vai servir à comunidade, numa grande integração do bairro, com atividades de lazer no ginásio, que terá inclusive arquibancadas”.

 

SAÚDE

Com 4,5 mil metros quadrados de área construída, a nova policlínica do Jabaquara terá três pavimentos, onde serão distribuídos cinco consultórios (um odontológico) e três laboratórios, além de recepção e salas para coordenação, administração, depósito e atividades acadêmicas. O edifício também contará com áreas para distribuição de medicamentos, acolhimento, inalação, curativos, sanitários e expurgo.

O terreno, de 2 mil metros quadrados, foi adquirido pela Fundação Lusíada (Unilus), que também vai custear a obra, com investimento estimado em R$ 20 milhões. A estrutura será cedida ao Município em contrato de comodato, válido por 30 anos, renovável por igual período. Os trabalhos já foram iniciados.

Em contrapartida, a instituição de ensino terá exclusividade na utilização do espaço para atividades referentes ao estágio curricular obrigatório dos estudantes matriculados em cursos técnicos, de graduação e pós-graduação, além de residência médica.

A parceria ocorre no mesmo molde da firmada há dois anos para implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central. O mobiliário, os equipamentos e o custeio ficarão a cargo da Prefeitura.

Segundo o secretário de Saúde, Fábio Ferraz, a nova unidade contará com instalações muito mais adequadas para atendimento, com possibilidade de maior abrangência de público. “O espaço será bem mais amplo, todo climatizado, de padrão construtivo muito mais moderno. Esperamos estender o atendimento também aos moradores dos morros mais próximos”, projeta, ressaltando a importância da parceria firmada. “Será a primeira policlínica universitária do País, com uma importante presença dos estudantes Unilus”.

 

 

Galeria de Imagens

Arte com fachada da nova Policlínica do Jabaquara. #Pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.