Conteúdo

Iniciativas santistas de atendimento ao idoso são apresentadas em SP

31 de maio de 2019
18h 04

Considerada a melhor cidade para se viver a partir dos 60 anos pelo Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, da Fundação Getúlio Vargas, a cidade de Santos foi destaque no lançamento da Frente Parlamentar em Prol de Políticas Públicas para a Terceira Idade, nesta sexta-feira (31), na Assembleia Legislativa de São Paulo.

A convite do deputado estadual Tenente Nascimento, que propôs a criação da frente, a coordenadora de Políticas para o Idoso da Prefeitura de Santos, Ana Bianca Flores Ciarlini, ministrou a palestra “A Revolução da Longevidade”, na qual abordou os impactos positivos do envelhecimento ativo, conceito que norteia a gestão das políticas municipais focadas na pessoa idosa.

Cerca de 45 idosos, que frequentam o Espaço do Idoso, apresentaram a coreografia Vibra Vida durante a solenidade.

“A criação da frente parlamentar representa um marco político em relação às políticas públicas, que deverão dar respostas ao envelhecimento da população no nosso estado e no nosso país”, destaca Ana Bianca. Em Santos, o avanço no cuidado às pessoas da terceira idade ocorreu com a implantação da Política de Atenção Integral à Pessoa Idosa, que reúne programas e ações em várias secretarias, coordenados pela pasta de Desenvolvimento Social por meio da Coordenadoria do idoso.

OBJETIVO

O objetivo da frente parlamentar é fomentar políticas públicas para idosos, promovendo fóruns de debates, apresentação de estudos, discussões e proposições sobre o tema. De acordo com o deputado, esse grupo de trabalho dará voz à situação da terceira idade, servindo como um canal democrático de comunicação direta entre esse segmento e o Poder Público.

Foto: divulgação