Conteúdo

Funcionários de escolas aprendem técnicas de primeiros socorros

21 de março de 2019
17h 18

O que fazer quando alguém sofre uma queimadura? E hemorragia? E quando uma pessoa próxima a nós tem uma parada cardiorrespiratória? Estas e outras dúvidas foram esclarecidas pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), durante a formação sobre primeiros socorros com funcionários das escolas municipais, na manhã desta quinta-feira (21), no auditório do Centro Darcy Ribeiro (Vila Mathias). 

O curso de quatro horas foi ministrado pelos técnicos de enfermagem Danilo Utescher Intrieri e Claudinei dos Santos, o condutor socorrista Daniel dos Santos Alves, e ainda contou com o apoio da oficial de administração do setor, Marcília Martins Fernandes.           

“É de extrema importância que os profissionais das escolas recebam estes conhecimentos básicos. Aqui eles aprendem o que devem ou não fazer em casos de acidentes e também podem iniciar o atendimento até o socorro chegar”, disse o técnico de enfermagem Danilo Utescher Intrieri.

 Entre outros ensinamentos, o profissional instruiu que em uma situação de queimadura deve-se resfriar o local com água corrente, não pode colocar gelo, nem pomadas e nunca estourar as bolhas. Ele também ensinou todo o protocolo de como agir com uma vítima com parada cardiorrespiratória, seja ela adulta ou criança. Os participantes treinaram com os bonecos.

TURMAS MENSAIS

 

A iniciativa é uma parceria entre o Programa Saúde na Escola (PSE), Samu, Secretarias de Educação e de Saúde e Cipa Setorial Educação (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Esta atividade será realizada toda terceira semana de cada mês, até o final do ano, atendendo quatro turmas mensalmente. A ação também faz parte da primeira etapa da formação de Brigada de Incêndio.

Neste mês, além dos dois grupos (manhã e tarde) atendidos nesta quinta (21), outros dois fizeram o curso no dia 19. Participaram funcionários das escolas Vinte e Oito de Fevereiro, Auxiliadora da Instrução, Avelino da Paz Vieira, Ayrton Senna da Silva, Barão do Rio Branco, Cidade de Santos, Deputado Rubens Lara, Fernando Costa, Prof. Florestan Fernandes, Gota de Leite, Judoca Ricardo Sampaio, Martins Fontes, Pedro II e Padre Lucio Floro.

 

DIDÁTICA

A professora de história da escola Avelino da Paz Vieira, Fabíola Pontes, ressaltou que a formação foi realizada com ótima didática. “Ficou tudo muito claro. O tema também é interessante e importante”. A inspetora de alunos da ‘Cidade de Santos’, Ana Lúcia Marcondes, também considerou o assunto essencial. “Estes conhecimentos nos ajudam para colaborar tanto na escola, como fora dela”.

 

Fotos: Rogério Bomfim

 

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.