Conteúdo

Festival reúne 300 surfistas em Santos e sensibiliza participantes para projeto social

14 de abril de 2019
17h 07

O Festival Prancha Oca de Longboard chegou ao final neste domingo (14). A quarta edição superou o sucesso das anteriores, batendo o recorde de participantes, com 300 surfistas de São Paulo, Rio, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará. O evento teve início na sexta ((12), com apresentação musical no Sesc. As baterias foram na praia da Pompéia.

Longe do clima de competição, todos os atletas receberam medalhas de participação e ainda se sensibilizaram com uma proposta solidária: o leilão de um shape de longboard, que acabou arrecadando R$ 1.500,00 para o Sonhando Sobre as Ondas. O projeto da Escola Radical de Surfe da Prefeitura oferece pranchas adaptadas para que pessoas com deficiência possam praticar a modalidade.

Uma das organizadoras do evento, a professora Isabela Panza, da Escola Radical, estava grata aos participantes. “Só podemos agradecer a toda a comunidade do surfe e assim como todos os envolvidos. Foi um evento completo, com as baterias no mar, boa música e também ação solidária”.

O programa também serviu de referência para atletas de outras regiões. Foi o caso de Marcelo Bibita, de Jericoacoara (CE).  “Tenho 40 anos de surfe e estou aqui para participar, mas também para aprender. Organizo um festival que faz parte do Circuito Nacional e aqui estou vendo o quanto se tem para aprender; estão todos de parabéns”.

O Festival Prancha Oca de Longboard faz parte do calendário oficial da Cidade. A realização é do grupo Pioneiros do Surf e da Secretaria de Esportes (Semes), sob supervisão do professor Cisco Araña.

 

Foto: Rogério Bomfim