Conteúdo

Dia da Beleza promove a autoestima para mulheres na Vila Nova, em Santos

30 de março de 2019
11h 55

Para encerrar as atividades do mês da mulher, a Vila Criativa da Vila Nova, em Santos, ofereceu um dia totalmente voltado à beleza e autoestima, incluindo massagens nas mãos, hidratação facial e design das sobrancelhas.

A ação foi uma parceria entre a Coordenadoria de Políticas para a Mulher, da Prefeitura, e o curso de Estética e Cosmética da Unip.

A empregada doméstica Rosangela Alves da Silva, 40 anos, aproveitou a oportunidade para fazer uma limpeza facial e as sobrancelhas. “Foi ótimo, pois tive a oportunidade de me cuidar e meus filhos pequenos puderam ficar brincando no parquinho e na brinquedoteca da Vila Criativa. Em um salão normal, não poderia levá-los, fora que é muito caro. Adorei”, disse, acompanhada de quatro dos seus seis filhos.

“O que eu ganho de aposentadoria é pouco, não teria condições de ir a um salão. Fiquei muito feliz com esse dia da beleza, moro aqui em frente, então não poderia perder essa oportunidade”, disse a aposentada Miriam Fernandes de Oliveira, de 60 anos.

Já a costureira Francina Ferreira de Lisboa, de 66 anos, chegou muito animada para participar de todos os serviços. “Sempre sou eu que cuido da minha família, hoje é a minha vez de ser cuidada”.

PROGRAMAÇÃO

Segundo a coordenadora de Políticas para a Mulher, Diná Ferreira Oliveira, a ação foi desenvolvida com o objetivo de despertar nas mulheres o cuidado com elas mesmas e promover a saúde, o bem-estar e a autoestima. “A programação do mês da mulher procurou dedicar um olhar atento a todas as questões relacionadas a elas: violência, saúde, empreendedorismo e, em especial, a autoestima. Por isso, nada melhor do que encerrar com uma manhã dedicada à saúde e beleza das mulheres aqui da Vila Nova. Elas participaram e gostaram muito”.

Para Andréa Gobetti Coelho Bombonatte, coordenadora do curso de Estética e Cosmética da Unip/Santos, a ação é importante para as alunas porque dá a oportunidade de colocar em prática o que se aprende em sala de aula, e também uma forma de contribuir com a comunidade e exercer a cidadania. “Enriquece o conhecimento profissional, além de ser uma forma positiva de contribuir com a comunidade, já que muitas mulheres não têm condições de pagar por esses serviços”.

Fotos: Susan Hortas

Galeria de Imagens

mulher recebe tratamento facial #pracegover
mulher passa por manicure #pracegover
fachada da vila criativa #pracegover