Conteúdo

Curso no Orquidário ensina a observar aves

13 de fevereiro de 2019
18h 25

Abordando características e curiosidades das espécies encontradas no Orquidário, o curso ‘Eu, passarinho’ realizou aula nesta quarta-feira, no parque municipal situado no José Menino.

Além de passar informações de pássaros como o irerê, pavó, flamingo e jacuaçu, o curso foca também na experiência de observar e reconhecer as aves através do som. Atentos, os alunos e a ornitóloga Sandra Pivelli, da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), ouvem os sons do Orquidário. As perguntas se repetem a cada novo ruído, sempre com curiosidades apresentadas por Sandra sobre a espécie em questão.

A bióloga marinha Renata Cristina Cosme, de 37 anos, se inscreveu para aprofundar seus conhecimentos. “Na faculdade, é impossível conhecer todas as coisas. Damos só uma pincelada por cima. Mesmo que minha área seja marinha, gosto de estudar sobre aves.”

As inscrições abertas ao público atraíram também pessoas fora da área da Biologia como o aposentado Jorge Bispo, de 60 anos. Curioso, conta que tem árvores em seu terreno e, por isso, está familiarizado com as aves. “Tenho um caderno onde anoto as espécies, a quantidade e até número passarinhos nascidos lá. Há um ninho na janela do meu quarto, onde ninguém mexe de tanto cuidado”.

O curso, que tem o nome em referência a um poema de Mario Quintana, usa como material de apoio o hotsite Circuito das Aves, da Prefeitura.

Sandra Pivelli conta que pretende expandir o curso. “Quero promover práticas de observação das aves não só em parques, mas também em lugares que abrigam jardins, que chamam as aves, como Pinacoteca e a Lagoa da Saudade”.

Foto: divulgação

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.