Conteúdo

Competição em piscina olímpica de Santos rompe 58 recordes

7 de julho de 2019
12h 00

Sete recordes sul-americanos, dez brasileiros e 41 paulistas foram quebrados neste sábado (6), na piscina olímpica do Rebouças (Ponta da Praia), onde foram disputadas as provas do Campeonato Paulista de Masters.

A competição realizada pela Federação Aquática Paulista contou com 356 atletas a partir de 20 anos. Entre as 44 equipes, o Esporte Clube Pinheiros ficou com título; a Santos Masters foi vice, e Okuda Swim Team chegou em terceiro.

A Santos Masters foi formada especialmente para a competição. Seis equipes santistas montaram um único time com a ideia de brigar pelas primeiras colocações. A iniciativa deu certo e o segundo lugar na classificação geral veio com o título no masculino e o terceiro no feminino. Entre os destaques, a vitória do revezamento 4x100 masculino, formado por Vinicius Borges, Guilherme Monteiro, Luis Nakasato e Guilherme Maia, recordista mundial de surdos.

Luis Nakasato destacou a união. “Se cada equipe competisse sozinha provavelmente nenhuma chegaria entre as dez primeiras; foi uma atitude muito legal. Como santista foi gratificante, foi, um momento especial na minha vida. Além de ajudar a equipe com nossa vitória, batemos o recorde paulista”.

Guilherme Monteiro comemorou. “Estou muito feliz, principalmente por ser na nossa Cidade. Nosso revezamento foi formado por amigos de infância. Atualmente competímos por equipes diferentes e acabamos montando o quarteto para essa competição. Deu certo e ainda vencemos com boa vantagem.

PARCERIA

Flavio Campos, gestor da Federação Aquática Paulista, falou sobre a realização de eventos na primeira piscina pública olímpica de Santos. “Estamos pela terceira vez aqui: um campeonato Regional, um Brasileiro e agora o Master; fechamos com todas as idades. Uma piscina excelente que veio para contribuir com a modalidade. Vamos fazer muitas competições”.

Mariana Nakagaki competiu por São Bernardo e venceu as provas dos 100 metros peito e livre; 50 metros peito. “Foi a primeira vez que nadei nesta piscina e gostei bastante; achei bem legal toda a estrutura. Competir no nível do mar é bem melhor, já tinha nadado em Santos em outras competições mas como master foi a primeira vez. Claro que fiquei feliz por vencer a três provas que disputei”.

 

MAIS INFORMAÇÕES

Confira a classificação final.

Veja os recordes quebrados 

 

 

COMPETIÇÕES ANTERIORES

Inaugurada no dia 24 de janeiro, a Piscina Olímpica Adalberto Mariani recebeu a primeira competição em abril, o Torneio Regional Petiz a Sênior de Natação.Já em junho, foi realizada a primeira competição estadual, o Campeonato Paulista Júnior e Sênior de Inverno.  

Galeria de Imagens

Nadador na piscina do Rebouças. Ele está com a cabeça e os braços perpendiculares ao corpo fora da água. #Pracegover
Nadador durante a competição - Foto: Isabela Carrari

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.