Projeto

Doação de órgãos

Vidas que salvam vidas

Santos incentiva a doação de órgãos a partir do trabalho da Seção de Captação e Transporte de Órgãos e Tecidos, fazendo valer a legislação federal. O órgão entrou em operação em julho de 2011 e é responsável por captações de órgãos após notificações de mortes encefálicas. Os procedimentos resultaram em transplantes para pessoas da lista de espera no Estado de São Paulo.

A seção também sensibiliza e capacita profissionais da área de saúde. Em parceria com a Santa Casa, já coordenou a capacitação de profissionais de unidades públicas e particulares, entre médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e funcionários administrativos, além de estudantes de Medicina.

Para a retirada dos órgãos, é preciso que a morte encefálica do paciente seja confirmada no Pronto-socorro Central em dois testes clínicos, realizados por médicos da rede municipal, além de confirmação por exames feitos por profissionais da Secretaria Estadual de Saúde. A doação só será autorizada quando existe consenso na família. Por isso, é importante que a pessoa manifeste o desejo de ser doador em caso de morte cerebral. Familiares passam por entrevista e assinam protocolo de doação.

Outras informações pelo e-mail secapt.sms@santos.sp.gov.br, ou no site www.abto.org.br.

Newsletter SantosPortal

Receba todo dia as notícias mais importantes e os atos oficiais da Prefeitura de Santos.