Conteúdo

Câmeras atuam em mais de 1,8 mil ocorrências

21 de julho de 2015
16h 58

As câmeras do Sistema Integrado de Monitoramento (SIM) da Prefeitura auxiliaram no atendimento de 1.879 ocorrências nos primeiros seis meses de 2015. O número, 55% maior em relação ao mesmo período de 2014, está atrelado à ampliação constante do sistema. Até novembro mais 43 dispositivos de captura de imagem serão instalados, totalizando 519 câmeras interligadas no Município.

Mapeamento divulgado pela Secretaria Municipal de Segurança (Seseg) aponta que as câmeras contribuíram para a solução de 230 ocorrências, em média, por mês, apenas no primeiro semestre deste ano. Essa média foi superada entre maio e junho, quando o SIM registrou 696 atendimentos nos dois meses.

Redução

O secretário adjunto da Secretaria de Segurança (Seseg), Bruno Orlandi, reforça que o aumento de câmeras tem contribuído com a redução dos índices de criminalidade. “Por meio do sistema de monitoramento, a Prefeitura tem exercido importante papel na garantia de segurança à população, contribuindo diretamente com os trabalhos das polícias Civil e Militar”, afirma.

Essa avaliação pode ser comprovada pelos números do levantamento, que mostram que os equipamentos auxiliaram a Polícia Militar em 937 ocorrências e a Guarda Municipal em 842 casos. Já as situações em que as duas corporações estiveram envolvidas somam 100 ocorrências. Desde janeiro de 2014, o SIM totaliza 3.909 atendimentos.

Localização

O secretário adjunto ainda explica que a definição do local dos equipamentos tem como base estudo que considera o tráfego de pessoas e índices criminais da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Apesar de serem instaladas em diferentes pontos, as novas câmeras vão priorizar a faixa de areia. O objetivo é monitorar os veículos que têm autorização para entrar na praia. Sete delas serão instaladas nos postos de salvamento do Corpo de Bombeiros, com a intenção de monitorar o acesso à praia.

Em 2016, Santos contará com o Centro de Controle Operacional (CCO), que integrará forças de segurança, serviços públicos, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e sistema de comportas.

Números

Janeiro a Junho de 2015 – 1.872 atendimentos
Janeiro a Junho de 2014 – 1.042 atendimentos

Primeiro Semestre de 2015

Auxílio à Polícia Militar – 937 atendimentos
Auxílio à Guarda Municipal – 842 atendimentos
Auxílio à Polícia Militar junto com Guarda Municipal – 100 atendimentos

Denúncias

A linha da Guarda Municipal funciona 24 horas por dia, sete dias por semana como um canal direto com a população. Recebe denúncias e solicitações de vários segmentos. O telefone está conectado ao Sistema Integrado de Monitoramento (SIM) e aciona a GM e a Polícia Militar, com o objetivo de agilizar o atendimento.

Foto: Anderson Bianchi