Conteúdo

Reuniões dão apoio a servidores santistas em luto

27 de junho de 2019
18h 09

Para auxiliar servidores em momento de luto, desde 2018 a Prefeitura proporciona reuniões mensais, mediadas com psicólogos e assistentes sociais da Coordenadoria de Assistência Integral ao Servidor, ligada à Secretaria de Gestão (Seges).

A participação é livre e não há obrigatoriedade de frequência. Nos encontros são abordados todos os tipos de lutos, seja uma perda familiar, de um animal de estimação, emprego ou até o fim de um relacionamento.

Servidor da Secretaria de Educação (Seduc), Valfredo Silva, 61 anos, perdeu recentemente a irmã. “Foi muito traumático para toda a família, foi um câncer avassalador e muito rápido. Comecei a viver uma contradição, queria chorar e ao mesmo tempo precisava consolar. Como posso compartilhar minha dor de irmão com minha mãe, que perdeu a filha? Aqui me sinto muito bem, as pessoas estão passando por algo parecido e também tem os profissionais prontos a nos ajudar”.   

A psicóloga Ana Dias explicou que cada pessoa leva um tempo até conseguir trabalhar seus sentimentos. “Pela lei são concedidos oito dias de afastamento que, na grande maioria dos casos, não são suficientes para trabalhar a dor. Na verdade, nesse período, muitos ainda estão no impacto inicial da notícia, vão começar a sentir a perda dias depois”.

Para Claudia Andrade Bernardo, 51 anos, servidora da  Educação, a sociedade precisa romper o tabu do luto. “Perdi meu pai há quatro anos e minha mãe há cinco meses. Às vezes choro de saudade e quem está por perto já se preocupa, acha que estou em depressão. Sou humana, tenho temores, tenho tristeza e tenho o direito de sofrer o tempo que precisar. Quero ser respeitada por isso. Aqui, a gente sai sem peso, compartilha a dor do outro, isso nos fortalece”.

A assistente social Taísa Rosa comenta que a própria pessoa percebe quando o ciclo se encerra. “Tem que chorar, deixar sair. Quando passa, o sentimento deixa de ser dor e vira saudade”.

Os encontros são realizados no Espaço Darcy Ribeiro (Rua São Paulo, 40, Vila Mathias). A participação é exclusiva para servidores municipais. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3213-7153.   

 

Foto: Marcelo Martins

 

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.