Conteúdo
Notícias

Passarela do canal 4 já está liberada para banhistas

Publicado: 8 de agosto de 2000
0h 00

A Prefeitura entrega, hoje (9), a nova passarela para banhistas, situada no Canal 4, na faixa da areia, apenas três semanas após a queda da antiga ponte, durante forte ressaca no dia 18 do mês passado. Uma equipe de trabalhadores da Prodesan concluiu, ontem (8), no período da tarde, a pintura dos corrimões e escadarias para que o equipamento seja entregue ao trânsito de pessoas que passeiam à beira-mar. O novo pontilhão mede nove metros de comprimento por 2,40 metros de largura. As cabeceiras de apoio das duas lajes de concreto foram reforçadas, ao mesmo tempo que elevaram a passarela em cerca de um metro de altura, facilitando assim, a passagem da água do mar durante os dias de forte ressaca. As placas, pesando três toneladas cada, foram assentadas com a ajuda de um guindaste e receberam uma camada de concreto com a espessura de cinco centímetros, para nivelamento do piso e fixação dos blocos. Ação da ressaca Em abril de 97, dois acidentes idênticos ao ocorrido do Canal 4 aconteceram com as pontes dos canais 1 e 2, comprometendo as estruturas dos pontilhões. Dois anos depois, em 31 de maio, o mesmo ocorreu com a passagem do Canal 5, que também não resistiu ao impacto das fortes ondas. Todos os acidentes apresentaram fatores em comum. As quatro passarelas tinham bases de apoio sobre as muretas dos canais e ruíram após períodos em que o mar estava revolto. Estando construídas sobre o próprio beiral dos canais, as plataformas obstruíam a passagem da água em dias de ressaca. As novas pontes foram projetadas acima do nível de transbordamento dos canais, diminuindo as chances das fortes ondas comprometerem as estruturas dessas construções.