Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Mensagem do Periodo Eleitoral

Atenção

Em cumprimento ao Artigo 73 da Lei Eleitoral nº 9.504/97, as redes sociais e o portal da Prefeitura, a partir de 6 de julho até o final do processo eleitoral de 2024, publicarão apenas conteúdo de utilidade pública.

Conteúdo
Notícias

Nova atração turística de Santos, Parque Valongo será inaugurado no dia 5 de julho

Publicado: 24 de junho de 2024 - 13h52

O antigo desejo dos santistas de ver transformada a área de armazéns portuários, que estava abandonada, no Centro, já tem data para ser oficialmente realizado. No dia 5 de julho, às 11h, a Prefeitura de Santos inaugura a primeira fase do Parque Valongo, um novo espaço público de lazer, turismo e economia criativa do Município, com a presença de autoridades como o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, do presidente da Autoridade Portuária de Santos, Anderson Pomini, entre outros.

Com a entrega da primeira fase do projeto, santistas e turistas terão acesso à área do antigo Armazém 4 totalmente revitalizada, com uma estrutura coberta, climatizada, que servirá para a realização de eventos. O primeiro deles será a Festa Inverno 2024, de 12 de julho a 4 de agosto, onde a área de 2.400m² abrigará a infraestrutura de lanchonetes e restaurantes, além de palco para shows e apresentações.

No espaço externo, que era ocupado pelos armazéns 5 e 6, o público vai ganhar uma área com quadra de beach tennis, playground, jardim e uma roda gigante. O Parque terá, ainda, uma plataforma flutuante, onde pequenas embarcações vão estimular o turismo náutico, e um píer de contemplação. No local, será possível observar, por exemplo, o tráfego de navios pelo canal do Porto, além do resgate do contato dos santistas com a linha d’água no cais.

“O Parque Valongo é um espaço democrático. Reúne esporte, lazer, gastronomia, eventos e é o resultado da boa parceria entre o Porto e a Cidade, além de integrar as esferas públicas e privadas para a realização de um sonho dos santistas. Além disso, traz valorização para o Centro Histórico, gera empregos, negócios e possibilita a mobilidade por hidrovias. Tudo isso é fruto do planejamento urbano sério e integrado, que pensa a Cidade como um todo e traz desenvolvimento sustentável. Essa é a Santos que queremos”, afirma o prefeito Rogério Santos.

SEM CUSTOS PARA O MUNICÍPIO

Em maio de 2023 foi dado o primeiro passo para a realização deste sonho antigo dos santistas, quando a Autoridade Portuária de Santos cedeu a área entre os armazéns 4 e 6 para a Prefeitura de Santos. A partir daí a Administração Municipal deu início às parcerias com a iniciativa privada para começar as obras, que não tiveram custos para os cofres públicos.

Para esta primeira fase, a Prefeitura garantiu investimento de R$ 20 milhões com dois termos Termos de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras ou Compensatórias (Trimmcs), firmados em 2023. Foram R$ 15 milhões junto à Cofco International Brasil e mais R$ 5 milhões com a Ecoporto.

PÍER É PONTAPÉ PARA TRANSPORTE PÚBLICO HIDROVIÁRIO

O Parque Valongo conta com um flutuante para recepção de turistas, que será também um pontapé para um roteiro de transporte público municipal hidroviário no futuro. O objetivo do equipamento é incentivar o passeio náutico de santistas e visitantes para incrementar o turismo cultural, histórico e arquitetônico do equipamento.

O píer tem capacidade para 14 embarcações pequenas, servindo também como base para transporte de passageiros. O local funcionará como uma estação hidroviária no coração do Parque Valongo, pronta para receber turistas e moradores locais.

As obras foram executadas pela Pier Brasil Engenharia e Soluções Ltda., vencedora da licitação. O investimento será da ordem de R$ 1.173.000,00, por meio do Fundo de Desenvolvimento Urbano do Município (Fundurb).

 

Esta iniciativa contempla os itens 8 e 9 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Trabalho Decente e Crescimento Econômico; Indústria, Inovação e Infraestrutura. Conheça os outros artigos dos ODS