Conteúdo

Homenagens marcam Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear em Santos

9 de agosto de 2019
18h 07

Com um minuto de silêncio e um abraço simbólico em torno do Monumento aos Imigrantes Japoneses, no Emissário Submarino, a morte de cerca de 140 mil pessoas no ataque à bomba atômica na cidade de Hiroshima, no Japão, foi lembrada nesta sexta-feira (9), durante as celebrações do Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear, com a presença de três sobreviventes da tragédia.

Logo após a abertura, houve apresentação de danças típicas japonesas e de alunos da UME D. Pedro II, que cantaram, em Língua Brasileira de Sinais (Libras), a canção A Paz (versão brasileira da banda Roupa Nova para Heal the World, composição de Michael Jackson).

Diretor-executivo da Rede Internacional de Prefeitos pela Paz, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou que datas como a desta sexta-feira devem servir para se pensar em bons sentimentos e praticar a cultura da paz. ‘’Principalmente nos dias atuais, em que precisamos construir gerações melhores e mais comprometidas. Santos está feliz em poder homenagear os três sobreviventes ao ataque’’.

Takashi Morita, Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe estavam em Hiroshima naquele 6 de agosto de 1945, em plena Segunda Guerra Mundial. Bonkohara tinha 5 anos e estava a apenas 2km do epicentro. Sofreu os efeitos da radiação e, aos 20 anos, foi diagnosticado com um problema cardíaco. Veio para o Brasil e hoje, aos 79 anos, luta pela paz em viagens pelo Brasil e pelo mundo.

Watanabe tinha 2 anos quando foi atingida pela chuva negra - precipitação radioativa causada pela bomba de Hiroshima. Não tem memória do que aconteceu e a família só revelou o que houve quando ela tinha 38 anos. Atualmente, realiza palestras pelo Brasil e fez parte do projeto Peace Boat, viajando pelo mundo e contando suas histórias e divulgando a cultura de paz

Aos 95 anos, Morita desenvolveu uma espécie de leucemia por causa da radiação. Veio para o Brasil doente, com esposa e filhos, empreendeu e prosperou. Também dedica-se a lutar pela paz mundial.

PALESTRA

Na próxima sexta (16), às 20h, Watanabe e Bonkohara darão palestra gratuita na Universidade Santa Cecília (Rua Cesário Mota, 8 – auditório do Bloco E – 4º andar), ao lado de Rogério Nagai, idealizador do projeto Sobreviventes pela Paz e diretor da peça “Os Três Sobreviventes de Hiroshima”, que será apresentada no dia 31, no Teatro Coliseu.

As inscrições para a palestra podem ser feitas pela internet.  A peça teatral terá ingressos a R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia entrada) e podem ser adquiridos aqui, no dia da apresentação ou na Associação Japonesa de Santos (Rua Paraná, 129 – Vila Mathias) de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h e sábado, das 8h às 14h (pagamento com dinheiro).

 

 

Galeria de Imagens

Apresentação de dança típica japonesa, com mulheres vestidas com quimonos e chapéus de flores. #Pracegover
Apresentação de dança típica japonesa
Grande número de alunos uniformizados posa para foto diante de monumento em  homenagem à imigração japonesa. #Pracegover
alunos da rede municipal participam das homenagens