Conteúdo

Baile reúne cerca de 900 idosos para brincar o carnaval. Confira galeria de imagens e vídeo

8 de fevereiro de 2018
17h 52

Uma deusa grega de mãos dadas com um pirata. Pode parecer estranha a união, mas como a cultura carnavalesca permite a brincadeira, foi assim, no improviso, que o casal Marylis Tramujas, 67 anos, e Herculano de Freitas, 74, do Gonzaga, saíram de casa para participar do 19° Baile da Mais Bela Idade, nesta quinta-feira (8), evento que lotou o Clube de Regatas Vasco da Gama (Ponta da Praia), com cerca de 900 participantes.

Juntos há 17 carnavais, todos os anos eles prestigiam a festa realizada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS). “É um evento alegre, festivo, estão todos de bom humor, não tem confusão, é tranquilo e seguro”, disse Marylis, com o eco do marido: “Fora que as tradicionais marchinhas nunca saem de moda, são sensacionais. Desde criança eu gosto, pois minha mãe era carnavalesca”.

Aos primeiros toques da música O teu cabelo não nega, pelo comando da Banda Carnavalesca Aquarium, lá estavam eles de mãos dadas, dançando, cantando e atirando confete para o alto. Junto deles no salão, havia ciganos, piratas, espanholas, colombinas, noivas. A tradição da folia de se fantasiar e de 'ser outro' se fez mais uma vez presente e o que não faltou foi criatividade, exibida nos enfeites de cabelo, nos colares floridos, nos chapéus com lantejoulas e na maquiagem do rosto.

Espanholas

Um grupo de 33 mulheres vestidas de espanholas recebeu a Corte Carnavalesca. Eram as voluntárias do Fundo Social, entre elas Maria Conceição Santos Pinto, 68, moradora do Santa Maria, que participa desde a primeira edição. "É maravilhoso. Aqui encontramos outras turmas que já passaram pelo FSS. É de arrepiar, é um baile único para a terceira idade. Gosto muito, sou festeira”, disse ela, contando que começou a ser foliã na terceira idade. Também marcou presença o bloco do projeto Vovô Sabe Tudo.

Para a presidente do Fundo Social, Maria Ignez Barbosa, o baile leva os participantes a recordarem os carnavais do passado. “A festa tem a participação de muitas pessoas que estão em asilos, que relembram os antigos carnavais. Faz bem para elas”, disse Maria Ignez, que também agradeceu ao presidente do Vasco da Gama, Valter de Souza, pelo apoio ao evento.

 

Fotos: Francisco Arrais

Galeria de Imagens

Voluntárias do Fundo Social de Solidariedade formam roda. Todas estão vestidas de espanhhola, com saia longa vermelha e frisos pretos. Têm flor no cabelo e leques nas mãos. #pracegover
Foliões se divertem no salão decorado. #pracegover